Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sábado, 31 de dezembro de 2011

"Por que as datas festivas nos deixam nostálgicos"...?


Dias especiais, como o Natal e o Ano Novo, nos trazem memórias de tempos antigos, e talvez até de pessoas que amamos. A doce nostalgia nos ajuda a ter uma sensação de conexão, tanto nos dias de festa quanto nos comuns. E, para a psicóloga Krystine Batcho, a nostalgia pode trazer uma ideia de alívio para quem está vivendo tempos difíceis na vida.
A nostalgia já foi definida por vários teóricos. O termo foi originalmente cunhado em 1688, por um médico que queria categorizar a saudade que os soldados tinham de casa. Ele via o sentimento como uma doença física experimentada pelos jovens na guerra, longe de casa pela primeira vez. Naquela época, sem telefone ou internet, estar longe podia ser muito traumático. E daí vários sintomas surgiam, até anorexia, decorrente da falta de apetite.
Hoje, os teóricos fazem importantes distinções entre dois tipos diferentes de nostalgia, a histórica e a pessoal. Ambas são psicológicas e classificadas como estados emocionais.
O primeiro tipo tem relação com ter bons sentimentos ou se sentir atraído por tempos em que o individuo às vezes nem era nascido. Um exemplo é um de nós sentir nostalgia pelo período Vitoriano.
O segundo é o uso mais comum do termo nostalgia, e também o tipo mais estudado. Você já deve imaginar que são os momentos em que sentimos emoções por algo que já vivemos. É o tipo autobiográfico da nostalgia.
O que confunde os estudos é que algumas pessoas falam da nostalgia como um traço de personalidade (alguém mais ou menos nostálgico), e outros como um humor passageiro, por exemplo, “me sinto mais nostálgico no Natal”. E você pode definir o sentimento como achar melhor.
A nostalgia como um humor, quase todos concordam que é universal. Até crianças podem ser nostálgicas. Por exemplo, ela pode ficar nesse “estado de espírito” quando falar de brinquedos antigos.
Batcho, que estuda a nostalgia, afirma que a sensação é importante para manter um senso constante de quem você é. “Você pode se referir a isso como um senso ou consciência de identidade”.
Nesse sentido, em situações traumáticas, que mudem muito o estilo de vida ou a situação de uma pessoa, a nostalgia ajuda a lhe lembrar de quem você é.
Para a psicóloga, a idade que apresenta os picos de nostalgia é a jovem adulta. “Essa fase é muito importante psicologicamente e no desenvolvimento próprio, onde os indivíduos descobrem o que querem ser”.
E, para as datas especiais, como o Natal ou o aniversário, a coisa fica ainda mais emocionante. A publicidade coloca em nossas cabeças que essas datas comemorativas estão centradas nos relacionamentos.
Mas pense em quem não pode estar junto de quem quer, por motivo de morte ou distância, por exemplo. “A solidão é um catalisador de nostalgia. É interessante, porque o sentimento faz você se sentir conectado novamente. Ajuda a diminuir a sensação de estar sozinho. E as datas especiais são notórias para fazer as pessoas se sentirem sozinhas, mesmo que não estejam fisicamente sozinhas”.
Mas calma, no seu Natal e Ano Novo a nostalgia pode até ser boa. “Pode ser psicologicamente útil, porque lembra que seu valor não depende de dinheiro, emprego, saúde, ou outras coisas materiais, mas as pessoas que te amam, ou amaram”, afirma Batcho.
“Datas assim trazem aspectos culturais e até mitos, como o Papai Noel. E isso faz as pessoas se sentirem mais conectadas com o passado e com os outros, além de barreiras do tempo, culturais. É um fenômeno único, um fenômeno de união”, finaliza.[LiveScience]

Embraer vende aviões para a Aeronáutica dos Estados Unidos...


"A Força Aérea dos Estados Unidos anunciou que assinou um contrato de US$ 355 milhões (aproximadamente R$ 665,7 milhões) com a Sierra Nevada Corp., parceira da brasileira Embraer, para o fornecimento de 20 aviões turbohélice A-29 Super Tucano à Força Aérea do Afeganistão, para treinamento e ataque ao solo. A outra opção para a Força Aérea norte-americana era o AT-6, produzido pela Hawker Beechcraft, que é um derivado de uma aeronave de treinamento atualmente usada pelos EUA..."
"Segundo comunicado da Embraer e da Sierra Nevada, os aviões serão produzidos na fábrica da Embraer em Jacksonville (Flórida), "por trabalhadores americanos, com peças de companhias americanas". As informações são da Agência Dow Jones..."

Morreu Daniel Piza, cronista, escritor que pertencia ao meu colar de admirações....


De presentes e ausências

Nesta época é comum ver, além das retrospectivas, os apelos piegas ao tal espírito natalino, abusos de expressões como “renovar esperanças”, previsões furadas de astrólogos, tarólogos e outros loucos, textos que lamentam onde estão os natais d’antanho, mensagens de boas festas com listas de virtudes. Meu impulso é perguntar por que as pessoas não procuram ser assim o ano todo, e não apenas no solstício que foi apropriado pela religião e pelo folclore para se tornar uma data paradoxal em que se discursa sobre bons sentimentos enquanto se consome em ritmo febril; até mesmo os nacionalistas se calam diante do fato de que a festa não tem cara do calor de 34 graus. E então me ponho a pensar em como generosidade e respeito, para ficar só nesses dois itens, andam em falta nos tempos atuais, especialmente nas grandes cidades, e em como a tecnologia que deveria nos aproximar nos tem dispersado. Mas lembro os Natais de infância, comparo com o dos meus filhos e as diferenças se tornam irrelevantes, porque os prazeres e as questões são muito parecidos. E os dias deliciosamente desocupados, desacelerados, convidam ao balanço do ano, ainda que tenha tido tantas tristezas em meu caso, e sem balanço não há avanço.
Somos carne e pensamento, um não se dissocia do outro, e do mesmo modo o Natal é ficar feliz em dar e receber presentes, é ver as crianças alegres com o que ganham e pronto, sem místicas nem melancolias. Lembro que meu avô nos levava em seu Opala, no banco da frente, câmbio atrás do volante, para procurar o Papai Noel. Olhávamos para o céu e achávamos que qualquer luzinha era a carruagem de renas. Quando voltávamos, ele já tinha passado e deixado os presentes sob a árvore. Um primo mais velho me disse: “Cheguei até a ver a perna dele saindo pela janela”. Eu devia ter uns oito anos e achei estranho; afinal, era só ter ficado ali que com certeza o veríamos, já que eu nunca tinha conhecido ninguém que não ganhasse presentes todo santo Natal. (Eu já estava acometido desta mania de descrença: antes de fazer 6 anos, na minha primeira viagem de avião, assim que ficamos acima das nuvens perguntei ao meu pai onde estavam os “anjinhos”. Não era ali que diziam que eles moravam?) De qualquer modo, afora as comidas saborosamente calóricas, quase sempre o presente fazia a dita magia da noite. Digo “quase sempre” porque uma vez pedi um Piloto Campeão e ganhei uma Motocleta. Inconformado, reclamei: “Que Papai Noel burro!” Mas a Motocleta, espécie de triciclo evoluído, me divertiu muito mais ao descer a rampa do abacateiro na chácara que tínhamos.
Ver o sorriso de filhos e sobrinhos é boa maneira de encerrar o ano, como o fecho de capítulo de um livro que ainda não terminou, e mesmo que não chegue a redimir o capítulo ruim. Perdi minha mãe e, apesar das falas pseudo consoladoras do tipo “É a vida” (não, é a morte mesmo) e “Tudo vai ficar bem” (defina “bem”), a dor ganha intervalos, mas a ausência fica. Tive também uma decepção pessoal, que abalou minha confiança, me tirou alguns quilos, me fez ver de novo como nossos melhores esforços podem ser os mais injustiçados, como a ingenuidade é amiga da vaidade, como a efusão brasileira pode ocultar inveja ou egoísmo. Também não fico feliz ao pensar que para tantas pessoas uma experiência insubstituível como ter filhos pode ser vista como algo que “atrapalha” ou, pior, que justifica manter relacionamentos frios ou frustrantes, em vez de renová-los. Mas terminei meu capítulo com páginas encorajadoras, confiante não apenas em ter superado a fase crítica, mas também em não ter deixado o desencantamento tomar conta. Aí está, se me permitem o toque natalino: não deixar o desencanto tomar conta é o melhor presente.

Conferencista motivacional de respeito internacional fala sobre Perspectiva, Visão, Escolhas....

Junto meus votos de progresso, boas escolhas e autoestima alta em 2012!





Brasileiro morre durante ato sexual na Tailândia....

Polícia acredita que homem ingeriu estimulantes sexuais em excesso.
Itamaraty confirma a morte do brasileiro, mas desconhece as causas.

Um brasileiro de 30 anos morreu na terça-feira (27) em um quarto de hotel na Tailândia durante ato sexual com duas mulheres, afirma o jornal tailandês "The Phuket News" e o neozelandês "New Zeland Herald". Segundo as publicações, o homem teria morrido ao ingerir uma alta dose de remédio para aumentar o estímulo sexual.
De acordo com os jornais, o homem e mais dois amigos estavam em uma festa na praia de Patong, em Phuket, quando ele foi visto pela última vez entrando em seu quarto com duas mulheres. No dia seguinte, um dos amigos encontrou o brasileiro morto no chão do quarto. As mulheres tinham ido embora

Música de Beethoven para elefantes cegos na Tailândia...


25/11/2011 11h40 - Atualizado em 25/11/2011 11h51

Britânico toca Beethoven para elefantes cegos na Tailândia

Vídeo no YouTube mostra pianista a poucos metros de mamíferos.
Projeto quer angariar fundos para preservação de animais.

Do Globo Natureza, em São Paulo


Um britânico de 50 anos arrastou um piano para uma montanha da Tailândia com o objetivo de tocar Beethoven para elefantes cegos. O feito foi registrado em vídeo, que já conta com mais de 12 mil acessos no YouTube.
De acordo com o jornal "Mail Online", Paul Barton conseguiu realizar um projeto que sonhava há muitos anos quando sentou atrás de seu piano, a poucos metros de distância dos mamíferos gigantes, e iniciou as primeiras notas da composição Pathetique Sonata, de Beethoven.
A intenção dele é chamar a atenção da sociedade e angariar fundos para a causa dos elefantes cegos, que vivem em um santuário da vida selvagem nas montanhas Kanchanaburi, nas proximidades de Bangcoc.
Segundo Barton, até o fim deste ano ele pretende organizar um show junto com os elefantes, com o intuito de arrecadar dinheiro para a compra de uma cerca elétrica
.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Se este cara fosse político na Ucrânia... No Brasil ninguém é preso!


DEPUTADO DO DÓLAR NA CUECA PODERÁ SER O NOVO LÍDER DO PT NA CÂMARA FEDERAL


"O PT deve escolher nas próximas semanas o sucessor de Paulo Teixeira (SP) na liderança do partido na Câmara. Até agora, existem dois candidatos: Jilmar Tatto (SP) e José Guimarães (CE) - foto. Para os esquecidos, Guimarães está intimamente ligado ao advento de uma vertente da corrupção que até hoje faz a alegria dos humoristas: o carregamento de dólares na cueca.
Um assessor do deputado foi preso quando lançava a moda, em 2005. Os 100 000 dólares, concluiu o Ministério Público, tinham origem em desvios no Banco do Nordeste.
Se Guimarães tem um histórico desabonador, o concorrente também não é dos mais inocentes: Tatto já respondeu a processo por irregularidades em licitações na prefeitura de São Paulo, onde era secretário de Marta Suplicy. E foi acusado, dentre outras coisas, de receber 500 000 reais para favorecer um grupo de perueiros ligados ao PCCDo site da revista Veja..."

Ex-premiê da Ucrânia é presa e deve passar 7 anos na prisão...

"A ex-primeira-ministra ucraniana Yulia Tymoshenko, condenada a sete anos de prisão por abuso de poder, foi transferida nesta sexta-feira da prisão preventiva para a penitenciária onde deverá completar sua pena, informou a instituição responsável pelas penitenciárias da Ucrânia.
Uma equipe médica examinou a ex-chefe de governo para atestar se ela poderia ser transferida de Kiev para a penitenciária da região de Kharkov, na parte oriental do país na fronteira com a Rússia, segundo nota remetida à imprensa...."
A unidade faz parte de um sistema penitenciário da Ucrânia que se baseia na reabilitação por meio do trabalho. Essa, em especial, possui uma fábrica têxtil. A maior parte dos reclusos, no entanto, vive em barracões de madeiras
Ela é uma crítica fervorosa do presidente Viktor Yanukovych e ficou famosa por seu papel na Revolução Laranja em 2004. A União Europeia criticou a forma com que as autoridades lidaram com seu caso.
Tymoshenko também foi condenada a três anos sem exercer cargo público e deverá pagar ao Estado o equivalente a US$ 200 milhões como compensação.

Mulher acorda no caixão de seu velório, vai para o hospital estressada e morre de enfarte....

http://blogs.estadao.com.br/rodrigo-martins/2011/06/26/mulher-acorda-no-proprio-velorio-e-morre-de-susto/


Esta aconteceu na Rússia.  Fagilyu Mukhametzyanov, de 49 anos, foi declarada morta por engano. Acordou no meio de seu próprio funeral, com parentes em volta, e não aguentou: morreu de susto. Desta vez de verdade.
Daily News conta que, ao acordar no caixão, Fagilyu começou a gritar por descobrir que seria enterrada viva. O estresse ocasionou um enfarte. Ela foi levada de volta ao mesmo hospital em que havia sido declarada morta por engano. Mas não sobreviveu. Os médicos diagnosticaram: desta vez morreu mesmo.
“Estou muito nervoso e quero respostas”, disse o marido, Fagili Mukhametzyanov. “Ela não estava morta quando disseram e poderiam tê-la salvado”. O hospital diz que investigará o caso.

Fotos do portal UOL....

O futebol solidário fora do campo de quatro linhas...


Mesmo sem estar presente, Pelé foi uma das estrelas da festa de final de ano da “Fundación Alejandra Forlán”, fundada pela irmã do atacante Diego Forlán em 2009 para lutar pelos direitos das pessoas vítimas de acidentes de trânsito no Uruguai.
Em sua página no Facebook, o camisa 10 da seleção uruguaia publicou uma foto de uma camisa 10 do Brasil assinada por Pelé, que será leiloada para ajudar a instituição.

Homem "rouba" o próprio carro que havia sido furtado........

Empresário pulou dentro do carro para pegar chave na ignição.
Ação foi registrada por câmeras de segurança de posto de combustível.



Um empresário de 40 anos recuperou por conta própria o carro que havia sido furtado em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. Ele seguiu os suspeitos até um posto de combustível, pulou dentro do veículo pela janela e pegou as chaves que estavam na ignição. A cena foi registrada pelas câmeras de segurança do estabelecimento.
“Parece brincadeira, mas tive que roubar o carro que haviam me roubado. Não pensei duas vezes. Não ia perdê-lo de novo”, disse ao G1.

Está preocupado com o ano de 2012? Ele vai acabar em dezembro de 2012?

Veja algumas previsões para o ano que chega devagar e cheio de preconceitos

Faça sua escolha e reze e se segure em sua fé!
Tarô, Búzios, Horóscopo Chinês, Astrologia, Numerologia.

Protesto seminu contra Putin / As ucranianas agem em Moscou...

As meninas do Movimento Femem, da Ucrânia, vão até Moscou para protestar contra os resultados das eleições russas de dezembro

Cliquem no link

Kim Jong-Un líder supremo / vídeo

Michel Teló é considerado fenômeno pela revista Forbes

"Nesta quinta-feira (29), a revista Forbes deu destaque a um músico brasileiro. A publicação inicia uma matéria sobre Michel Teló questionando: “Você já ouviu o fenômeno da música sertaneja Michel Teló? Você vai ouvir”. Michel, que já era conhecido nacionalmente com outros hits como “Fugidinha” e “Ei, psiu, beijo me liga”, ficou conhecido na Europa após alguns jogadores, como Cristiano Ronaldo e Rafael Nadal, comemorarem gols e vitórias com a coreografia de “Ai, se eu te pego”....."

A publicação apresenta o atual hit de Teló: “Seu maior sucesso é a canção repetitiva ‘Ai se eu te pego’, que já foi assistida 94 milhões de vezes no Youtube e já teve a letra da música traduzida para inglês, polonês, grego e hebraico”

"A Forbes ainda estima que Teló, que fez 220 shows só em 2011, tenha faturado US$ 18 milhões (cerca de R$ 33 milhões) nos últimos 12 meses. Além de Michel, a Forbes cita Paula Fernandes e Luan Santana como grandes destaques na música nacional. “As estrelas da música brasileira estão recuperando um raro bom momento no mercado sertanejo”, afirma a publicação...."

Confira este vídeo incrível do MSN - Observadores árabes visitam Homs

clique no link e veja o vídeo...

Sponholz


Fotos de microscópio de varredura / Concurso da Science...


quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

NBA hoje na TV


QUI. 29 DEZEMBRO

DALLAS MAVERICKS@OKLAHOMA CITY THUNDER
11:00 PM
Space

SÁB. 31 DEZEMBRO

CHICAGO BULLS@LOS ANGELES CLIPPERS
1:30 AM
ESPN Brasil

Cirurgião de Miss Brasil diz existe possibilidade de perda de alguns movimentos


O médico neurocirurgião, Paulo Paiva, que operou a coluna cervical de Débora Lyra,Miss Brasil 2010 acidentada na BR-101 em Guarapari, disse ao G1, nesta quinta-feira (29), que descarta a possibilidade de tetraplegia, a paralisia que afeta braços, pernas e tronco. Mas, o médico alerta que ela pode ter alguns movimentos prejudicados.
Para Paiva, a cirurgia foi um sucesso. "Ainda é muito cedo para dizer de seqüelas, mas posso adiantar que tetraplégica ela não fica", comentou. Segundo ele, com a batida, a ex-miss teve hemorragia no baço, uma pequena lesão na medula óssea e fratura na coluna. "Foi feito quatro procedimentos médicos: fixação da coluna, laparotomia que é a abertura do abdome para avaliar as lesões, retirada do baço e drenagem torácica pata retirar o sangue", contou o médico.

Miss Brasil permanece na UTI

Colisão frontal
carro no qual estava a miss bateu de frente com um Toyota Bandeirante, no qual estavam três pessoas. O condutor, de 59 anos, a passageira, de 26, e outro passageiro, de 24, também ficaram gravemente feridos. Segundo a Sesa, os quadros do motorista e da jovem são estáveis e eles não correm risco de morte. O outro rapaz está internado no Hospital São Lucas e passa bem.
De acordo com a PRF, o namorado de Débora, que dirigia o Gol, perdeu o controle do veículo ao fazer uma curva na BR-.101 Sul, invadiu a contramão e colidiu com o Toyota Bandeirante, que seguia no sentido contrário.
Chovia muito na hora do acidente e os dois sentidos da rodovia ficaram interditados até a retirada dos veículos. Segundo a polícia, a sogra de Débora Lyra estava no banco de trás e não usava o cinto de segurança

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2011/12/debora-lyra-respira-sem-aparelhos-e-estado-saude-e-grave-diz-laudo.html

Feridos e enterroAo todo, seis pessoas ficaram feridas no acidente. A mãe do namorado de Débora morreu no local. A mulher, que tinha 55 anos, foi enterrada no final da tarde de quarta no cemitério Parque da Paz, na Ponta da Fruta, em Vila Velha.
No acidente, o namorado de Débora quebrou o nariz e uma perna. Ele também transferido para o Cias e levado para o centro cirúrgico do hospital para uma cirurgia no fêmur.
Além de Débora, do namorado e da mãe dele, também viajava no carro da Miss Brasil 2010 uma jovem de 21 anos, amiga de Débora. Ela teve fraturas e passa por cirurgia em um hospital particular de Vitória.

"Alguém superior a Você" / Stephen Kanitz

Alguém Superior a Você

Download (1)Viajei uma vez de classe executiva, e ao meu lado um senhor de terno, cara de executivo, lendo a Bíblia.
Achei que fosse um destes bispos de igrejas que visam o lucro viajando com todo o conforto do mundo, mas era na realidade um Vice Presidente de uma empresa subsidiária da Alcoa.
Perguntei porque ele estava lendo a Bíblia.
"Como Vice Presidente de uma grande empresa eu tenho muita influência e poder sobre a vida de milhares de pessoas. Se eu não tomar cuidado, este poder pode subir à minha cabeça, o que causaria muita infelicidade.
Por isto, acho importante ir todo domingo à Igreja, para relembrar que existe uma pessoa mais poderosa e muito mais sábia do que eu."
Eu já ouvi muitas razões para se ir todo domingo à Igreja, mas esta era uma ideia nova.
Achei uma razão muito interessante para ir até uma Igreja toda semana, não para pedir perdão ou pedir ajuda.

Galeria de fotos de El País...


Entrevista de um repórter investigativo na ESPN no programa 'Bola da vez'...

Andrew Jennings fala dos problemas do futebol mundial, corrupção no esporte mais popular, FIFA e suas reportagens e balança alguns prestigiados pilares da esporte brasileiro


Confira este vídeo incrível do MSN - Bebê e gato brincam juntos

Cliquem no link lá >>>>>
video

Miami tem um caloroso "Oi" para os gastadores brasileiros - Economia - iG


Brasileiros fazem sucesso entre comerciantes de Miami
Mesmo em uma cidade que adotou tantas ondas de latinos que é jocosamente conhecida como a capital dos sul-americanos na América do Norte, nenhum grupo tem sido tão cortejado e mimado como os brasileiros em Miami, nos Estados Unidos.
Cheios de dinheiro de uma economia em expansão e apaixonados pelo luxo, os brasileiros estão visitando o sul da Flórida em massa e gastando milhões de dólares em condomínios de férias, roupas, joias, móveis, carros e arte, muito menos caros do que aqui no Brasil.

Aumenta em quatro vezes número de voos atrapalhados por raio laser -  Últimas Notícias - MSN Estadão


Aumenta em quatro vezes número de voos atrapalhados por raio laser - Últimas Notícias - MSN Estadão

SÃO PAULO - O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), ligado à Aeronáutica, divulgou que o número de casos com canetas com raio laser usadas para atrapalhar voos aumentou quatro vezes em 2011, em relação à 2010. Foram registrados 250 casos neste ano, baseados em relatos dos aviadores.
O Cenipa planeja disponibilizar em sua página na internet, em 2012, um formulário específico para este tipo de ocorrência, que os pilotos utilizar para fazer o relato do incidente. De acordo com o Cenipa, até o mês de novembro deste ano, foram relatados 38 casos em Londrina (PR), 36 no Galeão (RJ), 21 em Vitória (ES), 13 em Campinas (SP), 11 em João Pessoa (PB), 9 em Navegantes (SC) e 9 em Fortaleza (CE).
O Cenipa diz que, embora baixa, existe a possibilidade de se derrubar um avião com uma caneta laser. Caso um piloto seja atingido diretamente nos olhos, pode ter dificuldade de interpretar os instrumentos, ter cegueira momentânea e a formação de imagens falsas, que numa situação de decolagem ou pouso pode ser crítica.

A ficção suaviza a realidade....

Yoani Sánchez

Turbear, escapar


Se encuentran cada sábado en la noche para una fiesta sin alcohol, sin chicas, sin música. Toda la madrugada se la pasan frente al teclado mirando la pantalla y con los ordenadores conectados en red para jugar. Es la nueva moda entre adolescentes cubanos, especialmente entre los hijos de una clase media emergente que ni siquiera se reconoce a sí misma como tal. La “pijamadas”, con rositas de maíz y casas de campañas instaladas en plena sala, han dado paso a estos encuentros donde se mezclan la tecnología y las risas, lo lúdico y lo escapista. Los propios jóvenes llaman a estos maratones tecnológicos “turbear” y muchos locales se alquilan para trasnochar con la mano sobre el mouse. Entre los juegos más demandados se encuentran los de estrategia, cosmogonías paralelas que ayudan a evadirse de la realidad nacional.
Quienes no tienen un PC propio o una laptop que aportar al “festejo” pueden acudir a los laboratorios de computación de algunas escuelas, donde los fines de semana los profesores organizan –sin permiso– turbeos masivos. Starcraft, DotA, Counter Strike, Call of duty, arrasan en las preferencias adolescentes y un mercado paralelo de copias piratas garantiza las últimas actualizaciones y todos los complementos necesarios. El reto mayor resulta mantenerse al día en un país que sigue estando entre los menos conectados a Internet del planeta. Por eso en la lista de deseos y pedidos que se le hacen al tío que va a viajar o al amigo que regresa del extranjero están los DVDs de estos juegos. Los sitios digitales de compra y venta –al estilo de Revolico– ofrecen una gama amplísima para distraerse al margen de la complicada cotidianidad.
Algunas conversaciones en la calle revelan el calado de este entretenimiento. “Tienes que saltarte ese nivel, porque el otro está mejor”, “No lo mates de la primera vez, si no te quitan fuerza a ti también”, “Construye la ciudad en ese terreno, que no está tan infectado de demonios”. Desde recreaciones de la Edad Media hasta las más osadas fantasías futuristas son parte hoy del imaginario juvenil, trozo importante de sus vidas. Han llenado con ellas el lugar que una vez tuvieron en nosotros los discursos y las consignas. No aplauden, clickean; no creen, sino que juegan. Y uno no sabe si reír o si llorar, si darle la bienvenida a la evasión como arma contra el fundamentalismo o lamentarse porque el escapismo nos priva de esa rebeldía adolescente que tanta falta hace.