Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sábado, 30 de junho de 2012

Eurocopa na visão dos italianos... // La Republica, IT

http://www.repubblica.it/speciali/calcio/europei/polonia-ucraina2012/squadre/italia/2012/06/30/news/prandelli_vigilia_finale-38281891/

ITALIA

Prandelli: ''Spagna numero uno
ma è un'Italia da applausi''

Prandelli: ''Spagna numero uno ma è un'Italia da applausi''
Il ct azzurro Cesare Prandelli
Il ct verso la finale senza alcun timore degli iberici: ''Resta la squadra da battere, scenderemo in campo senza paura, abbiamo i mezzi per farcela''. Emozione per la lettera del Presidente della Repubblica
di GIACOMO TALIGNANI
KIEV (Ucraina) - Per battere "la squadra migliore del mondo" bisogna "chiudere gli spazi e mantenere il possesso". E' l'unico modo - spiega Prandelli - per "mettere in difficoltà questa Spagna così forte". E' sereno il ct della Nazionale, anche se non ha dormito "perché mi hanno disturbato", sa che a questo punto "dobbiamo solo rischiare". Per farlo ha Balotelli "è maturato" e Cassano "migliorato da quando è diventato padre". Con loro si può "rischiare" di vincere, dato che la Roja "resta la favorita". Dare tutto sostenuti anche dal primo tifoso italiano: "Che emozione la lettera che mi ha scritto Napolitano...".

Si è emozionato per la lettera di Napolitano?''Con molta emozione ho letto questa lettera: ha trovato come sempre parole importanti per noi che non vedo l'ora di leggere ai miei giocatori, ha parlato di affiatamento fra vecchio e nuovo, generosità, di quello che lui vorrebbe trasmettere alla nazione, siamo orgogliosi ed emozionati. E' stata davvero una forte emozione, la sentivo, come abbiamo sentito sempre la sua vicinanza o la prima volta che è venuto con la Spagna. E' un atto di grandissima fiducia, emozione pura''.
La Spagna è la squadra migliore al mondo?''Lo è, lo ha dimostrato in questi anni, sempre stesso modo di stare in campo: è la squadra da battere''.
Sorpreso dall'Europeo di Cassano? 
Cosa secondo lei lo ha trasformato?
''Ho capito subito che aveva una determinazione incredibile, non è stato il superare la malattia ad averlo migliorato, penso che sia stata la nascita del figlio e la responsabilità di essere padre''.
Possesso palla contro possesso palla''La forza della Spagna non è tanto solo il possesso palla ma la capacità di riconquistare la palla lontano dalla propria porta. La nostra strategia di gioco? Dovremo essere bravi a cogliere momenti giusti per avere superiorità numerica. Non siamo così presuntuosi per dire che faremo noi la partita dal primo minuto all'ultimo''.
Il Paese del catenaccio è cambiato...''Noi dobbiamo giocare esaltando le qualità dei nostri giocatori e mantenere un filo conduttore: avere palloni e possesso, sappiamo che è una strada difficile ma secondo me sarà vincente''.
Anche Balotelli è maturato''Ha trovato un ambiente dove si è confrontato con grandi campioni che hanno fatto sacrifici. Quindi devi avere il coraggio di accettare consigli e situazioni come queste: responsabilità è priorità. Abbiamo chiesto a Mario di fare determinate cose e le sta facendo con grande convinzione e sta lavorando bene da punta centrale''.
Il segreto del centrocampo italiano?''Di qualità, profondità di corsa, può pressare: ovviamente abbiamo un giocatore che esalta tutte queste caratteristiche. Cerchiamo di mettere Andrea Pirlo nelle condizioni migliori per poter gestire il centrocampo''.
Che tipo di atteggiamento tattico avrà l'Italia in finale?''Mi auguro una  partita propositiva, chiudere spazi per poter riconquistare la palla. Dove la cercheremo di prendere dipenderà dall'atteggiamento e dalla capacità della Spagna. Importante è mantenere sempre concentrazione verso un obbiettivo: chiudere gli spazi''.
Ha fatto un pisolino come prima degli altri match? E che Spagna si aspetta?''Mi aspetto la solita Spagna, coraggiosa, che sa palleggiare, aggredire, accorciare, ha numeri importanti: è una delle squadre che ha subito meno gol. Attaccano la profondità: è un calcio moderno che mi piace particolarmente. Dovremo saper leggere le situazioni. Sonnellino? Sono stato un po' disturbato sinceramente''.
Ha pensato al ritorno della difesa a 3 come nel primo match?''Sinceramente no, perché le ultime partite abbiamo avuto un certo equilibrio, ma potremmo anche durante la partita metterci con questo sistema di gioco. Strada facendo è arrivata la condizione fisica, equilibri, e quindi abbiamo ritrovato quelle sicurezze che avevamo perso. Se alleni grandi giocatori basta poco per ritornare a giocare a viso aperto: lo faremo anche domani''.
La Germania studiata in video e non sul campo. Stessa scelta per la finale?''Abbiamo preparato la partita Germania con i video: non è facile farlo in video. I tempi per farlo sul campo non ci sono, dobbiamo recuperare fisicamente: preferiamo lavorare sul video e lo faremo anche per la Spagna''.

Jamaicanos estão 'voando baixo' nos 100 metros rasos

http://www.repubblica.it/sport/vari/2012/06/30/news/bolt_battuto-38265108/




ATLETIca

Bolt battuto ai Trials, Blake vince i 100 mt

Bolt battuto ai Trials Blake vince i 100 mt
Yohan Blake e Usain Bolt

Nelle selezioni olimpiche giamaicane, Blake si impone con il miglior tempo dell'anno (9''75) e il primato personale. Il campione olimpico (9''86): "Ho avuto problemi nell'uscita dai blocchi"Yohan Blake, l'uomo che corre più veloce di Bolt


KINGSTON (Giamaica) - Sorpresa nelle selezioni olimpiche giamaicane dei 100 metri. Il più veloce non è Usain Bolt. Il campione olimpico ha dovuto accontentarsi del secondo tempo dietro Yohan Blake, che si è imposto in 9"75, miglior tempo dell'anno e primato personale. Bolt, detentore del record del mondo sulla distanza, è giunto secondo in 9"86. Terzo posto per Asafa Powell in 9"88. L'exploit delle selezioni fa di Blake il quarto uomo più veloce di sempre dopo Bolt (9"58) e gli americani Tyson Gay (9"69) e Powell (9"72).

Eurocopa > amanhã a decisão entre Espanha e Itália em Kiev, Ucrânia

http://deportes.elpais.com/deportes/2012/06/30/eurocopa_futbol/1341079042_596612.html


“Defendemos el título que nos curramos mucho hace cuatro años”

Casillas habla de sus sensaciones antes de la final, Del Bosque anuncia tres delanteros aunque no especifica si uno será un nueve y Xavi reivindica el estilo

Más escueto de lo habitual, aunque respondiendo a todo, Vicente del Bosque afrontó su penúltima rueda de prensa en esta Eurocopa. “Vamos a jugar con tres delanteros casi seguro, tres hombres avanzados con más obligación de atacar que de defender, gente adelantada y con posibilidades de hacer gol” anunció el seleccionador español. La respuesta no aclara si entre esos tres puntas habrá un nueve de referencia, el gran debate de esta Eurocopa en cuanto a España se refiere. Informado de que Cesare Prandelli había advertido unos minutos antes que jugaría con cuatro defensas, le preguntaron si eso condicionaría su plan: “Para mí no jugaron con cinco defensas, pero es una opinión. Italia viene jugando de una forma y la van a mantener. Van a repetir aquello que les ha llevado hasta la final”. “Un equipo que tiene a Pirlo, a Marchisio o a Montolivo es que tiene idea de jugar al fútbol, si un equipo es lo que es su centro del campo, el de Italia es de buenos jugadores. Han ido de menos a más. Empezaron bien contra nosotros, pero han terminado muy bien. El partido de la primera fase fue de alternativas. Ellos tuvieron su fase dominio y nosotros también, no podemos valorar a Italia como defensiva, han progresado y de ahí ese cambio que han experimentado”.
La clave va a estar en la posesión. Italia tiene un gran equipo, saben competir y tienen mucho talento"
Xavi
Cuestionado por el estado de forma de Xavi y por las declaraciones previas del volante azulgrana, en las que aseguraba que le gustaría ser más trascendente, el técnico salmantino le hizo un guiño a su cerebro: “Xavi es muy difícil que juegue mal, siempre juega bien, aporta su talento, es solidario, piensa en el equipo, es uno de nuestros principales jugadores para marcar nuestro estilo”. Xavi había pronunciado esta frase minutos antes cuando le interrogaron sobre su presencia en el Mundial de 2014: “No sé si estaré en Brasil, voy a espera a ver cómo me veo, aunque ahora me siento participe de todas estas victorias. Me hubiera gustado ser más transcendente, pero no siempre se puede. Me siento muy a gusto, voy a intentar hacer un gran partido, pero sobre todo haré lo que el equipo necesite y voy a intentar disfrutar”, zanjó. La palabra aburrimiento acompaña el tránsito de la selección hasta la final. “No nos aburrimos, es un fútbol perfecto para nosotros. Estamos en un escenario ideal para seguir haciendo historia y demostrar que este equipo sigue teniendo hambre y que su fútbol es ganador”, prosiguió el de Terrassa, que aceptó con orgullo los piropos de Prandelli: "Me parece fantástico que diga que nuestro fútbol no le aburre. Creemos en este estilo, que nos ha dado muchas victorias, todos los futbolistas que están en esta selección se adaptan a él, no solo los de aquí, también otros que están en España. Priorizamos el talento sobre el físico, el aficionado se siente identificado y nosotros disfrutamos, no se puede pedir más”.
Del Bosque observa a los jugadores durante el entrenamiento. / MICHAEL DALDER (REUTERS)
Convertido en defensor a ultranza del fútbol en el que cree, Xavi festeja la instauración de ese modelo: “En este sentido me siento muy afortunado, hace unos años el fútbol tendía más a lo físico, al juego de contención. Los más débiles físicamente hemos tenido la suerte de haber ganado con un fútbol vistoso y alegre. A Pirlo también le va bien y estoy muy contento de que las cosas vayan así y que el fútbol tienda más a un fútbol más alegre y ofensivo”. Con esa doctrina, la clave a la que apuntó Xavi para la final se tornó evidente: “Jugaron muy bien con una defensa de cinco, ellos quieren también la posesión, tienen talento y nos va a costar. La clave va a estar en la posesión. Italia tiene un gran equipo, saben competir y tienen mucho talento”, concluyó Xavi.
Un equipo que tiene a Pirlo, a Marchisio o a Montolivo es que tiene idea de jugar al futbol"
Vicente del Bosque
Casillas, el capitán, estuvo menos hablador. No quiso entrar a la guerra psicológica ante los piropos previos de Prandelli y sus jugadores: “Agradecer los halagos por parte de Italia, pero son recíprocos. Ellos tienen un buen equipo, ante Alemania no hubo ninguna sorpresa, Italia mostró sus características y logró el pase claramente. Saben a lo que juegan, en ningún momento pensamos que seamos los favoritos. Estamos al 50%”. Por último, el portero menos goleado de este campeonato habló de su cambio de sensaciones ante la final respecto a la Eurocopa de 2008 y al Mundial de 2010: “En mi caso particular es diferente, creo que hace cuatro años se consiguió lo que todo el mundo esperaba, hacía tiempo que no ganábamos nada. En el Mundial hubo nerviosismo porque había muchas expectativas creadas por el europeo ganado. Ahora nos jugamos la continuidad de esos éxitos, impensables hace cuatro años. Ahora es diferente, pero ilusionante, es defender un título que nos curramos mucho hace cuatro años”.

Eurocopa aponta o campeão amanhã... Entenda os sentimentos dos italianos

http://desporto.publico.pt/Euro2012/noticia/italianos-elogiam-espanha-mas-assumem-potencial-para-vencer-1552791

DescriçãoFoto: Uefa/AFP
FINAL

Contra a Espanha, Prandelli diz ter Pirlo, o virtuoso

O seleccionador da Itália, Cesare Prandelli, classificou este sábado a Espanha como a “melhor equipa do Mundo”, revelou apreciar “muitíssimo o seu futebol moderno” e admitiu que será “muito difícil” vencê-la domingo, na final do Euro2012.

“Espanha é a melhor equipa do mundo. Tem-no demonstrado nos últimos anos. É uma equipa sempre fiel à sua filosofia futebolística. Acho que a sua força não é apenas a posse de bola, mas também a forma como a recupera. Tentam sempre fazê-lo no campo contrário, pelo que devemos jogar muito bem e esperar pelos momentos oportunos”, resumiu.

Apesar dos elogios ao adversário, o técnico transalpino afiança que a sua equipa tem “qualidade para jogar bem e ganhar”, frente a um rival “com um nível muito alto”.

“Queremos fechar espaços e recuperar o máximo de bolas. Isso dependerá do nível a que jogue a Espanha. O nosso meio-campo também tem muita qualidade. Podemos correr, pressionar e controlar a bola. Temos um dos melhores futebolistas, Pirlo. Queremos jogar com as nossas virtudes”, acrescentou.

Pradelli desvalorizou a questão do ponta-de-lança da Espanha (com o “falso 9” Cesc Fabregas em campo ou com Fernando Torres, Álvaro Negredo ou Fernando Llorente em cunha no ataque), pois, afiança, “mesmo que joguem sem avançado fixo, conseguem ser sempre perigosos na frente”.

Autor de dois golos no 2-1 frente à Alemanha, o controverso Balotelli garantiu à “squadra azzurra” a presença na final: “Encontrou um balneário com jogadores de nível máximo, que foram campeões, e ouviu o que lhe disseram pessoas com experiência. Isso foi o mais importante. Melhorou imenso desde o jogo com a Croácia. Sempre pensámos que é um excelente avançado”.

O técnico revelou ainda que vai ler aos seus futebolistas as “palavras fantásticas” que o presidente da república italiana, Giorgio Napolitano, enviou à equipa, numa mensagem que fala de “espírito, equipa, determinação e generosidade”.
“É uma mensagem para nós e para o país. Espero que cumpramos com o desafio”, concluiu.

Por seu lado, o “capitão” Gianluigi Buffon diz que a Itália “tem sido a surpresa do torneio” e manifestou a esperança de que “continue a sê-lo na final”, frente à que considera “a melhor equipa do mundo”.

“São os mais fortes do mundo, mas vamos começar o jogo 0-0. O melhor deveria ganhar. Talvez a Espanha tenha mais oportunidades, é a favorita. Mas, a Itália é a surpresa do torneio e esperamos continuar a sê-lo”, vincou o guarda-redes campeão do mundo em 2006.

Os transalpinos chegaram ao Euro 2012 pressionados, após novo escândalo de resultados combinados no campeonato: “Temos muito respeito, responsabilidade e amor pela camisola da selecção. E isso vai mais além do que os rumores. Temos a oportunidade de demonstrar que o nosso país é grande”.

A terminar, Buffon disse ainda que “as emoções são muito semelhantes às da final do Mundial 2006, bem como a confiança no triunfo”.

Mais do mesmo... CPI do Cachoeira


Polícia Federal volta a prender três integrantes do grupo de Cachoeira

Foram presos Wladimir Garcez (PSDB), ex-presidente da Câmara de Vereadores de Goiânia, Lenine de Araújo Souza e José Olímpio de Queiroga Neto

Agência Estado 

Duas semanas depois de terem sido soltos, três integrantes da quadrilha do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, voltaram a ser presos neste sábado (30) pela Polícia Federal.
Foram presos Wladimir Garcez (PSDB), ex-presidente da Câmara de Vereadores de Goiânia e apontado como braço político de Cachoeira; Lenine de Araújo Souza, suspeito de ser o contador da organização criminosa; e José Olímpio de Queiroga Neto, conhecido por "Careca" e que seria sócio do contraventor nas máquinas caça-níqueis no entorno de Brasília. Todos os três são alvo da Operação Monte Carlo da PF que, em fevereiro, levou à prisão de Cachoeira.
Gleyb Ferreira da Cruz, encarregado da movimentação financeira do esquema de Cachoeira e que permaneceu preso pela Operação Saint-Michel, teve novamente a prisão decretada.
As prisões foram determinadas, na sexta-feira à noite, pelo desembargador federal Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Ele revogou o habeas corpus concedido pelo desembargador Tourinho Neto, no dia 16 de junho, que garantiu a liberdade de Queiroga Neto, Lenine de Araújo e de Wladimir Garcez.
Todos eles foram convocados para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira. Mas, munidos de habeas corpus, optaram por não responder às perguntas dos integrantes da CPI.

"Nova 'Tríplice Aliança" suspende Paraguai e inclui a Venezuela" é manchete de La Nación, do Paraguai

http://www.ansa.it/ansalatinabr/notizie/notiziari/paraguai/20120630130935438136.html

 PARAGUAI
 IMPRENSA PARAGUAIA CRITICA ENTRADA DE VENEZUELA NO MERCOSUL

ASSUNÇÃO, 30 JUN (ANSA) - A imprensa paraguaia publicou hoje que a Venezuela entrou "pela janela" no Mercado Comum do Sul (Mercosul) e que uma nova "tríplice aliança" atuou contra o país, em alusão a Guerra do Paraguai (1865-1870), ocasião em que Brasil, Argentina e Uruguai se uniram para lutar contra o Paraguai.
  
A publicação paraguaia ABC Color destacou em sua primeira página que a Venezuela "entrou pela janela" no Mercosul, enquanto o Última Hora enfatizou que "a suspensão do Paraguai permitiu o ingresso" de Caracas ao bloco.
  
"Nova 'Tríplice Aliança' suspende o Paraguai e inclui a Venezuela", dizia a manchete do jornal paraguaio La Nación. O periódico ainda publicou que as três nações atariam agora "nas mãos" de Hugo Chávez.
  
Os presidentes do três países, Dilma Rousseff, Cristina Kirchner e José Mujica, respectivamente, decidiram na última cúpula do bloco suspender o país até que sejam realizadas eleições, que estão programas para abril de 2013.
  
A entrada da Venezuela no Mercosul, que estava sendo impossibilitada pelo Congresso do Paraguaio, por sua vez, foi aprovada pelo grupo. (ANSA)
30/06/2012 13:09 
© Copyright ANSA. Todos os direitos reservados.

EUA apresentam primeiro remédio contra a obesidade. A serotonina tem função fundamental...

http://veja.abril.com.br/noticia/saude/eua-aprovam-o-primeiro-medicamento-contra-a-obesidade-em-13-anos--2

EUA aprovam o primeiro medicamento contra a obesidade em 13 anos

Substância age sobre os receptores de serotonina no cérebro, levando a pessoa a comer menos e mesmo assim sentir-se satisfeita

Belviq lorcaserina
Belviq: droga atua diminuindo o apetite e é indicada apenas para pacientes com IMC acima de 30 (Divulgação/Arena Phamaceuticals)
O governo americano aprovou nesta quarta-feira o uso da nova droga lorcaserina — cujo nome comercial é Belviq — para tratar da obesidade. Ela age especificamente nos receptores de serotonina presentes no cérebro, levando a pessoa a comer menos e mesmo assim sentir-se saciada. Ela é a primeira droga contra obesidade aprovada nos últimos 13 anos pelo Food and Drug Administration(FDA), órgão que regula alimentos e drogas nos Estados Unidos.

Saiba mais

SEROTONINA
Um neurotransmissor (substância química que realiza a comunicação entre os neurônios) que auxilia a regulação do humor, do sono, da atenção e do apetite. Está associado aos mecanismos de recompensa do cérebro.
ÍNDICE DE MASSA CORPORAL
Índice que mede a gordura corporal, baseado no peso e na altura do indivíduo. Ele é calculado ao se dividir o peso da pessoa pelo valor de sua altura elevada ao quadrado. As pessoas que têm o índice maior do que 30 são consideradas obesas.
DIABETES TIPO 2
Enquanto o diabetes tipo 1 ocorre pela falta da produção de insulina, no de tipo 2 a insulina continua a ser produzida normalmente, mas o organismo desenvolve resistência ao hormônio. É causado por uma mistura de fatores genéticos e pelo estilo de vida: 80% a 90% das pessoas que têm o tipo 2 da diabetes são obesas.
A droga foi aprovada para o uso em adultos com um índice de massa corporal de 30 ou mais (calcule aqui seu IMC), que podem ser considerados obesos, ou com um índice de 27 e que sofram de algum problema relacionado ao peso, como pressão alta, diabetes tipo 2 ou colesterol alto.
O remédio foi testado em aproximadamente 8.000 pacientes obesos e acima do peso, que usaram o remédio entre 52 e 104 semanas. Com o tratamento, todos os participantes receberam aconselhamentos sobre como alterar o estilo de vida para reduzir o consumo de calorias e aumentar os exercícios. Os pacientes que se trataram com a lorcaserina tiveram uma perda de peso de 3% a 3,7% maior do que aqueles que se trataram com placebo.
Cerca de 38% dos pacientes que sofriam com diabetes tipo 2 e receberam a droga perderam pelo menos 5% de seu peso, enquanto somente 16% dos pacientes com diabetes que receberam o placebo tiveram o mesmo resultado. Já entre os pacientes que não sofriam de diabetes, 47% dos que usaram a droga perderam peso, contra 23% dos tratados com placebo.
O FDA, no entanto, recomenda que a droga deixe de ser administrada para os pacientes que não conseguirem perder peso depois de 12 semanas de tratamento. Para eles, a droga não terá nenhum efeito significativo.
Entre os efeitos colaterais constatados estão a síndrome de serotonina, que é causada pelo excesso do neurotransmissor e pode levar à morte. Os especialistas dizem que a droga não deve ser misturada com outros medicamentos que aumentem os níveis de serotonina no cérebro ou ativem seus receptores, incluindo algumas drogas contra a depressão e enxaqueca.
Segundo a Anvisa, a droga ainda não consta em seus sistemas, sinalizando que a empresa responsável por sua fabricação ainda não deu entrada para aprová-la no Brasil.

Opinião do especialista

Alfredo Halpern
Méduci endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre!

“A aprovação do remédio é uma excelente notícia. Ele age do mesmo modo que outro medicamento mais antigo: a fenfluramina. Ele também agia sobre o receptor de serotonina, o que faz diminuir o apetite. Como todo remédio para emagrecer, ele não funcionava em todo mundo, mas tinha efeito em 40% a 50% dos pacientes. O remédio, no entanto, teve que ser retirado do mercado, porque causava problemas vasculares. Isso foi uma pena, porque muita gente se dava bem com ele. Muitos dos meus pacientes ficaram viúvos da fenfluramina.”
“A lorcaserina não causa esse problema na válvula cardíaca. Ela age num receptor que, para o apetite, é o mesmo que a fenfluramina. Mas a outra droga também atingia outro receptor presente nas válvulas cardíacas. Os pesquisadores fizeram testes para ver se a nova droga não poderia ter esse efeito. A lorcaserina foi testada em muitas pessoas e mostrou que não existe esse perigo.“
“Ela é uma droga que parece ter poucos efeitos colaterais. E foi aprovada nos Estados Unidos, o que é muito difícil - fazia 13 anos que não aprovavam esse tipo de medicamento. Não vejo motivo para a Anvisa não permitir seu uso aqui no Brasil. Todos os médicos que lidamos com a obesidade ficamos muito contentes. Vamos ter mais uma arma para combater a obesidade. “

A vida dos pássaros em momentos curiosos

http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2012/06/veja-lista-com-aves-flagradas-em-situacoes-curiosas.html

30/06/2012 07h00 - Atualizado em 30/06/2012 08h26

Veja lista com aves flagradas em 

situações curiosas

Em El Salvador, atobá-pardo usou tartaruga como boia.
Nos EUA, garça foi fotografada descansando sobre aligátor.

Do G1, em São Paulo
Abaixo, o G1 reúne imagens de aves flagradas em situações curiosas. Nos EUA, uma garça foi fotografada descansando sobre um aligátor (jacaré americano) ao confundir o réptil com um tronco. Em El Salvador, um atobá-pardo usou uma tartaruga como boia. Na Inglaterra um pássaro faz ginástica....
Em 2009, uma garça branca pequena foi flagrada em cima das costas de um aligátor em Orlando, no estado da Flórida (EUA). Provavelmente, a ave confundiu a ‘máquina assassina’ com um tronco flutuante, um disfarce que o réptil usa como armadilha. A garça, porém, escapou de virar comida do jacaré, já que o réptil só percebeu a ave atrevida quando ela voou.  (Foto: Barry Bland/Barcroft Media/Getty Images)Em 2009, uma garça branca pequena foi flagrada em cima das costas de um aligátor em Orlando, no estado da Flórida (EUA). Provavelmente, a ave confundiu a ‘máquina assassina’ com um tronco flutuante, um disfarce que o réptil usa como armadilha. A garça, porém, escapou de virar comida do jacaré, já que o réptil só percebeu a ave atrevida quando ela voou. (Foto: Barry Bland/Barcroft Media/Getty Images)
No dia 4 de fevereiro, um atobá-pardo foi fotografado usando uma tartaruga como boia. A cena foi registrada perto da praia Los Cobanos, 84 km a oeste de San Salvador, em El Salvador. (Foto: Jose Cabezas/AFP)No dia 4 de fevereiro, um atobá-pardo foi fotografado usando uma tartaruga como boia. A cena foi registrada perto da praia Los Cobanos, 84 km a oeste de San Salvador, em El Salvador. (Foto: Jose Cabezas/AFP)
Em dezembro de 2007, um pásssaro foi fotografado pendurado em um galho perto Minley Manor, Farnborough, a 40 quilômetros de Londres, na Inglaterra. (Foto: Adrian Dennis/AFP)