Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sábado, 22 de setembro de 2012

A Cuba de hoje.... /// YOANISANCHEZ


Yoani Sánchez

yoanisanchez

yoanisanchez #Cuba Que descaro! Ahora mismo la TV oficial trata de identificar la cancion "Imagine" en la voz de John Lennon con el sistema cubano...about 1 hour ago · reply · retweet ·favorite
yoanisanchez Compadezco esas madres cubanas que perdieron a sus hijos en#Angola cuando #Cuba era una simple pieza en el ajedrez politico de la #URSSabout 1 hour ago · reply · retweet ·favorite
yoanisanchez Tuve primos y parientes que fueron a morir y a matar antes de tener 20 annos a #Angola La guerra mas larga de #Cuba Espero que mi hijo NO!!!about 1 hour ago · reply · retweet ·favorite

Dennis, o gato cleptomaníaco

Será que ele merece uma CPI ?

OS PRODUTOS DE SEUS FURTOS FORAM PARAR EM  DUAS CAIXAS*
*Traduzido para o português > caixa dois


Morte da universitária foi encomendada pelo ex-marido (R$1,99)

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2012-09-22/ex-marido-encomendou-morte-de-universitaria-diz-policia.html

Reprodução/Arquivo pessoal
Estudante Lore Vaz, de 27 anos. Ela foi encontrada degolada no seu carro em Santo André
O ex-marido da universitária Lore Santana Vaz, de 26 anos, encontrada morta em Santo André , na Grande São Paulo, confessou o envolvimento no crime, de acordo com a Polícia Civil. O corpo de Lore foi encontrado dentro do carro da estudante no dia 13. Outros dois suspeitos de terem colaborado com o assassinato também admitiram a participação.
Allan dos Santos Peçanha, de 27 anos, ex-companheiro da vítima, está d etido desde a última quinta-feira , dia 20, apontado como mandante crime. Segundo a Polícia Civil, Santos encomendou a morte da ex-mulher a dois homens. Robert Piovani Gama, de 21 anos, preso na quinta, e Raimundo Nonato Bezerra, de 32 anos, detido na sexta-feira, assumiram a autoria no assassinato da universitária.
Com o esclarecimento da morte, a Justiça decretou a quebra de sigilo do caso e o trio aguarda julgamento. A prisão temporária de 30 dias foi decretada.

"Você no G1", PRIMAVERA // Fotos de internautas /// 26 fotos de flores

http://g1.globo.com/vc-no-g1/fotos/2012/09/internautas-celebram-chegada-da-primavera-com-fotos-de-flores.html#F573761

Internautas celebram a chegada da primavera com fotos de flores

Confira uma seleção de imagens enviadas pelos leitores para o começo da estação neste sábado (22).

Fabio Antonialli afirma: “Sou estudante de engenharia da Universidade Federal de Lavras (MG), e essa árvore fica bem na entrada. Não tem como não reparar porque, em Lavras, um ipê branco chama a atenção, já que é mais comum o amarelo. Tive que fotografar



O Crime não pensa, age...!


Enviado por Elisa Martins - 
18.9.2012
 | 
1h17m

132 presos escapam de prisão por túnel no México


Em uma cena típica de filme de ação, 132 detentos escaparam de uma prisão em Piedras Negras, Coahuila, no norte do México, por um túnel descoberto abaixo da oficina de carpintaria da cadeia. O túnel tinha sete metros e levava a uma torre de vigilância da prisão, onde os presos teriam rendido e amarrado os guardas. Depois, teriam fugido pelo mesmo túnel até um terreno baldio. Esse é o segundo número mais alto de fugitivos de uma prisão durante o mandato do atual presidente Felipe Calderón. Em 2010, 151 detentos escaparam de uma cadeia em Nuevo Laredo, em Tamaulipas. Com o novo incidente, as autoridades reforçaram a vigilância na fronteira com Eagle Pass, nos Estados Unidos. Também foi oferecida uma recompensa de até 200 mil pesos (mais de R$ 31 mil) por informação que ajude na captura dos fugitivos.
Autoridades ofereceram recompensa equivalente a R$ 31.600 por informação dos fugitivos de prisão no norte do México

Evita Perón tem imagem na nota de 100 pesos ....


Enviado por Janaína Figueiredo - 
21.9.2012
 | 
12h59m

Evita, na nota de 100 pesos

Depois de muita espera, finalmente começou a circular na Argentina a nota de 100 pesos (a mais alta que existe no país) com a imagem de Evita Perón. A iniciativa do governo da presidente Cristina Kirchner enfrentou algumas dificuldades técnicas, mas depois de um intenso trabalho da Casa da Moeda, as notas da Evita já estão no mercado.
A imagem é uma das mais clássicas e ao lado uma mensagem: "Como mulher sinto na alma a cálida ternura do povo do qual provenho e ao que  pertenço".
_ Depois de 200 anos, esta é a primeira vez que uma mulher aparece numa nota argentina _ comemorou a presidente.

FotoGlobo /// Fotos de leitores de O Globo


Enviado por Marcelo Carnaval - 
21.9.2012
 | 
15h00m

Foto de Leitor

CONTRA-ESTRELLA
.
Foto de Raphael Lima
O autor mostra que o ângulo de Marcos Estrella algumas vezes pode ser igualado ou superado por nós simples mortais com paciência e um bom enquadramento.

 Foto de Dudu Linhares

 Foto de Marcio Amaral

Foto de Maringas Maciel



Rocinha terá 100 câmeras e 700 militares para pacificar a favela

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2012/09/rocinha-com-upp-tera-100-cameras-para-monitorar-comunidade.html
20/09/2012 10h10 - Atualizado em 20/09/2012 15h02

Rocinha inaugura UPP e terá 100 




câmeras para monitorar comunidade


Projeto prevê instalação do equipamento em pontos estratégicos da favela.
Unidade foi inaugurada oficialmente por volta de 10h30 desta quinta (20).

1221187.jpg (600×400)
policiais-da-upp-da-rocinha1.jpg (500×375)

Acesso à Internet no Brasil atinge menos da metade do população

http://revistaepoca.globo.com/Brasil/noticia/2012/09/pesquisa-mostra-que-mais-da-metade-dos-brasileiros-nao-tem-acesso-internet.html

IBGE - 21/09/2012 11h45 - Atualizado em 21/09/2012 11h45
TAMANHO DO TEXTO

Pesquisa mostra que mais da metade dos brasileiros não tem acesso à internet

Estudo do IBGE aponta que houve crescimento de 14,7% da população que acessa a internet em relação a 2009

REDAÇÃO ÉPOCA COM AGÊNCIA ESTADO E AGÊNCIA BRASIL
computadores (Foto: SXC)
A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) divulgada nesta sexta-feira (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que menos da metade dos brasileiros tem acesso à internet. Em 2011, 77,7 milhões de pessoas com 10 anos ou mais declararam ter utilizado a rede mundial de computadores nos três meses anteriores à entrevista dos pesquisadores do IBGE. Isso corresponde a 46,5% da população com 10 anos ou mais, elevação de 4,9 pontos porcentuais em relação a 2009.
Embora muitos ainda estejam excluídos, houve crescimento de 14,7% da população que acessa a internet em relação a 2009 - 9,9 milhões de pessoas a mais. Até 2009, todas as regiões tinham menos da metade da população que havia acessado a internet. Em 2011, as regiões Sudeste (54%), Centro-Oeste (53,1%) e Sul (50,1%) ultrapassaram essa marca.
As pessoas com maior acesso à rede estão nas faixas etárias que vão de 15 a 17 anos (74,1%) e de 18 ou 19 anos (71,8%). Os que menos navegam na internet são os que têm entre 40 e 49 anos (39,1%) e os de 50 anos ou mais (18,4%).
Em 2011, menos da metade dos brasileiros tinha computador em casa. O equipamento estava presente em 26,3 milhões de lares, ou 42,9% do total. Ainda assim, quando os pesquisadores perguntam sobre o acesso à internet, esse número cai para 22,4 milhões dos 61,2 milhões de domicílios - 36,5% do total.
Os domicílios com telefone móvel tiveram aumento de 26,6%, e aqueles com máquina de lavar roupa cresceram 20,3% - esse eletrodoméstico chegou a 51% dos domicílios. O único bem durável que teve redução do consumo foi o rádio - caiu 0,6%.
Trabalho infantil cai 23%, mas ainda atinge 700 mil crianças no Brasil
A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) mostra também que o número de crianças de 5 a 13 anos que trabalham no país caiu 23,5% entre 2009 e 2011. Apesar disso, o contingente de trabalhadores nessa faixa etária ainda soma 704 mil crianças em todo o país. No Brasil, o trabalho de crianças com 13 anos ou menos de idade é ilegal. A maior parte desses trabalhadores têm de 10 a 13 anos (615 mil) e são meninos (497 mil). Cerca de 63% dos casos de trabalho infantil ocorrem no campo.
Em média, os 2,5% dos brasileiros, de 5 a 13 anos, que trabalham no país dedicam 17 horas por semana ao trabalho e conseguem renda de R$ 178. A maioria (53,4%), no entanto, sequer recebe pela atividade executada. Entre as regiões brasileiras, o Nordeste concentra o maior contingente de trabalhadores com 5 a 13 anos (336 mil), por questões econômicas. Na Região Sul, onde 80 mil crianças trabalham, há um fator cultural, em que os pais têm o costume de ensinar o ofício aos filhos.
Entre os adolescentes de 14 a 17 anos, faixa etária em que o trabalho é permitido sob determinadas condições, houve também queda no número de trabalhadores, passando de 3,35 milhões em 2009 para 2,97 milhões em 2011.

Fotos de uma parte da Rússia com 160 vulcões

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/09/120921_galeria_kamchatka_cc.shtml

Foto: Ivan Dementievskiy
Foto: Ivan Dementievskiy
Ivan Dementievskiy, um fotógrafo do serviço russo da BBC, enviou imagens de Kamchatka, região no extremo leste da Rússia famosa por seu cinturão de vulcões.

O patrimônio democrático de Putin...



15/09/2012
 às 14:40 \ Vasto Mundo

Rússia: a vida nababesca — quer dizer, “putinesca” — do tirano Vladimir Putin

LUXO PUTINESCO -- Vladimir Putin em uma lancha, no Lago Ladoga (Foto: Alexsey Druginyn / AFP)
LUXO PUTINESCO -- Vladimir Putin em uma lancha, no Lago Ladoga (Foto: Alexsey Druginyn / AFP)
Publicado por Tatiana Gianini em edição impressa de VEJA de está nas bancas

 UMA VIDA PUTINESCA
Como o presidente russo colocou à sua disposição mais palácios pagos pelos contribuintes do que a realeza britânica, entre outras mordomias

A opulência dos nababos, o equivalente muçulmano dos marajás da Índia no século XVI, deu origem à expressão nababesca, sinônimo de ostentoso, luxuoso.
O estilo de vida de Vladimir Putin, que com três mandatos presidenciais e dois de primeiro-ministro está há treze anos à frente do poder na Rússia, é tão espetacular e custoso que faz por merecer um adjetivo próprio: putinesco.
Segundo um levantamento concluído no mês passado por dois respeitados políticos de oposição, Boris Nemtsov e Leonid Martynyuk, Putin tem à sua disposição vinte palácios e mansões, 58 aviões e helicópteros e quatro barcos. Um porta-voz do governo russo informou que todos os bens pertencem ao estado e que o presidente tem o direito de utilizá-los.
Seria uma boa explicação, não fossem dois fatos complicadores. O primeiro é que, com exceção da Coreia do Norte e talvez de uma ou outra monarquia árabe, não há país no mundo em que o chefe de estado tenha o usufruto exclusivo de uma infraestrutura tão grande e cara.
O presidente americano, por exemplo, tem à sua disposição duas residências oficiais e o italiano, três. No Brasil também são duas, o Palácio da Alvorada e a Granja do Torto. Toda a família real inglesa, com seus príncipes, duques e condessas, dispõe de apenas oito casas ou palácios mantidos pelo estado.
LUXO ATÉ NO BANHEIRO -- detalhes em ouro no banheiro do o gigantesco Ilyiushyn IL-96-300, um dos aviões presidenciais à disposição de Vladimir Putin
LUXO ATÉ NO BANHEIRO --Ddetalhes em ouro no banheiro do o gigantesco Ilyiushyn IL-96-300, um dos aviões presidenciais à disposição de Putin
O segundo motivo para suspeitar da justificativa de que as mordomias de Putin são legais é o fato de que o governo não presta conta dos gastos necessários para mantê-las. A falta de transparência é tal que a construção de um dos palácios, situado no litoral do Mar Negro, foi mantida em segredo até agora.
Uma imitação de Versalhes que vale 1 bilhão de dólares
Avaliada em 1 bilhão de dólares, com área total de 740 000 metros quadrados, uma vinícola e um cassino próprios, a imitação kitsch do Palácio de Versalhes é chamada pelos russos de “mansão do Putin”, na falta de um nome oficial. A obra nunca esteve no orçamento nacional e teria sido bancada com uma espécie de dízimo que as grandes empresas do país pagam a Putin, segundo denúncia feita em 2010 por um ex-executivo de uma das companhias envolvidas.
O governo também não deixa claro qual é a função ou o custo para os cofres públicos das nove propriedades incorporadas durante a administração Putin à lista de moradias presidenciais. Uma exceção é o Palácio de Constantino, em São Petersburgo, que pertenceu a czares e, após uma reforma, passou a receber visitações turísticas e eventos oficiais.
O Palácio do Constantino, reformado, é uma das 20 residências presidenciais russas, da administração de Putin (Foto: Pavel Balabanov / AFP)
O Palácio de Constantino, ex-residência dos czares, reformada, é uma das 20 moradias presidenciais de que Putin desfruta (Foto: Pavel Balabanov / AFP)
Nemtsov, um dos autores do relatório sobre os bens presidenciais, disse a VEJA que começou a fazer o levantamento depois de ter percebido, em fotos de jornal, que Putin troca de relógio de luxo como quem troca de meia. “Na Rússia, o relógio é um dos maiores símbolos de status masculino. Trata-se de uma herança dos tempos soviéticos, quando esse acessório era o único que a elite nacional podia ostentar”, diz Nemtsov, que reuniu fotos de Putin usando onze relógios diferentes.
O mais caro deles, um Tourbograph “Pour le Mérite”, da marca alemã A. Lange & Söhne, custa meio milhão de dólares. Seria necessário economizar o salário de um mandato presidencial inteiro e mais um pouco para comprá-lo.
Pode ter sido um presente? Sim, mas não seria ético. Em democracias sérias, os agrados aos presidentes não podem ultrapassar um valor predeterminado, em geral pequeno, para não ser confundidos com propina.

O Tourbograph, o relógio de luxo mais caro da coleção de Putin
O Tourbograph, o relógio de luxo mais caro da coleção de Putin
O patrimônio pessoal declarado de Putin consiste em um automóvel Lada ano 2009, dois apartamentos, um terreno nos subúrbios de Moscou e o equivalente a 180 000 dólares em aplicações em banco. Mas a oposição diz que ele amealhou uma fortuna de 40 bilhões de dólares, o que o tornaria o quinto homem mais rico do mundo. Um feito e tanto para um ex-espião da KGB que desde a queda da União Soviética só ocupou cargos públicos.
Putin, dizem seus adversários, controla por meio de laranjas 4,5% das ações da Gazprom, 37% da Surgutneftegas e 75% da Gunvor, gigantescas empresas do setor de petróleo e gás natural, os principais produtos de exportação da Rússia. Se isso for provado, a vida putinesca que o presidente russo leva deixará de ser apenas cortesia temporária dos contribuintes.