Postagem em destaque

Slow Motion Bossa Nova - Celso Fonseca & Ronaldo Bastos

Encante-se ...!

sábado, 27 de dezembro de 2014

Cristina Kirchner foi hospitalizada...

http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2014-12-27/presidenta-da-argentina-e-hospitalizada-com-fratura-no-tornozelo.html

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Eliane Elias.... pra ninguém botar defeito...!!!


Bom resto de semana....

Notícias desanimadoras de Brasília..... / coluna de Cláudio Humerto


  • 26 DE DEZEMBRO DE 2014
    Convidado para comandar o Ministério da Pesca e Aquicultura no governo Dilma II, Hélder Barbalho (PMDB-PA), 35, responde a dois processos na Justiça Federal por improbidade administrativa quando foi prefeito de Ananindeua, perto de Belém. Em uma das ações, o Ministério Público pediu o bloqueio dos seus bens por comprar remédios e contratar serviços para Saúde de empresas fantasmas.
  • A gestão de Hélder Barbalho sumiu com R$ 1,8 milhão destinados a programas de Saúde, diz o MPF. Despesas nunca foram comprovadas.
  • Auditoria do Ministério da Saúde achou fraudes na compra de ambulância. A vencedora, a Planan, é pivô da Operação Sanguessuga.
  • O ex-prefeito é investigado ainda pelo MPF por suposto desvio de R$1 milhão em convênio com Funasa para construir estação de esgoto.
  • Filho de Jader Barbalho, um dos poucos políticos brasileiros algemados pela Polícia Federal, Hélder também é acusado de não recolher INSS.
  • O governo Dilma já gastou, através do cartão corporativo da Defesa Civil, mais de R$ 605 milhões desde que o cartão foi criado em 2012 para auxiliar áreas atingidas por tragédias naturais. Na Paraíba, por exemplo, estado que mais recebeu verbas com este carimbo (mais de 10%) um só funcionário gastou mais de R$ 17 milhões com uma só empresa: a Santana Agroindustrial, que vende grãos e sementes.
  • Conhecido pela aversão a tragédias, Lula não tinha o Cartão da Defesa Civil, mas foi ele quem criou o cartão corporativo do governo.
  • O cartão corporativo do governo, que serve para pagar qualquer conta do seu detentor, custou ao contribuinte R$ 581 milhões em 12 anos.
  • A Presidência gastou, em 2014, pouco mais de R$ 7 milhões com cartões corporativos e 93% desses gastos são escondidos sob “sigilo”.
  • Após a definição do ministério, Michel Temer tentará acomodar o amigo Moreira Franco, que vinha bem na Aviação Civil, mas não mendigou apoio do líder do PMDB, Eduardo Cunha, para manter o cargo.
  • Convidado para relatar no Conselho de Ética processo contra Jair Bolsonaro (PP-RJ), Marcos Rogério (PDT-RO) recebeu uma enxurrada de e-mails. De cada 10 mensagens, nove eram pró-Bolsonaro.
  • O PDT recuou de lançar André Figueiredo (CE) candidato a presidente da Câmara contra Eduardo Cunha. O partido alega que só entrará na briga se a candidatura realmente tiver viabilidade. Jamais terá.
  • O Planalto não superou ruidosa saída de Marta Suplicy (PT-SP) do ministério da Cultura. O site da Presidência até hoje mantém o nome dela na galeria, abaixo da foto da atual ministra, Ana Cristina.
  • Se Dilma pretende estimular o comércio exterior, como juram seus assessores, o embaixador Rubens Gama se fortalece na disputa pelo cargo de ministro das Relações Exteriores. Ele teve elogiada atuação na assessoria do ex-ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento).
  • O governo federal pagou mais de R$ 2 bilhões, só em 2014, à Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), órgão responsável por contratar médicos cubanos do Programa Mais Médicos.
  • Contrariando o conselho de assessores preocupados com a queda vertiginosa de confiança do mercado, Dilma decidiu manter Graça Foster. No Planalto, assessores chamam madame de “cabeça dura”.
  • O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), cogita se filiar ao PSB ou ao PMDB para disputar o governo baiano, em 2018. No PMDB, ele teria de encarar a família Vieira Lima e, no PSB, a senadora Lídice da Mata.
  • Considerando a ficha suja de alguns dos futuros ministros, a pergunta não quer calar: já tem data a primeira faxina?

Investidores individuais abrem processo contra a Petrobras e Graça Foster nos EUA...


sexta-feira, dezembro 26, 2014


PETROLÃO EXPLODE NOS ESTADOS UNIDOS: CIDADE AMERICANA ABRE PROCESSO JUDICIAL CONTRA GRAÇA FOSTER E PETROBRAS.

O município de Providence, capital do Estado americano de Rhode Island, entrou na véspera de Natal com um processo contra a Petrobras, sua administração, duas subsidiárias internacionais e 15 bancos envolvidos na emissão e venda de papéis da companhia. A presidente da empresa, Graça Foster, e o diretor financeiro, Almir Barbassa, aparecem como réus, além de outros 11 executivos, de acordo com cópia do processo obtida pelo ‘Estado’, que tem 70 páginas e foi elaborado pelo escritório Labaton Sucharow, com sede em Nova York. 
A notícia chega depois de a empresa ter sido alvo de outras três ações coletivas nos Estados Unidos em dezembro, movidas por fundos e grupos de investidores individuais. 
A alegação da cidade de Providence é que o município teve prejuízo ao investir em títulos da Petrobrás, que perderam valor por causa das denúncias de corrupção e do consequente atraso da publicação do balanço do terceiro trimestre. Como ocorreu com as demais ações, a avaliação é que a empresa não informou o mercado sobre o pagamento de propinas e o esquema de lavagem de dinheiro que ocorriam em sua administração, colocando o dinheiro dos investidores deliberadamente em risco (leia box ao lado). Procurada, a Petrobrás informou que “não foi intimada da mencionada ação”.
O processo foi aberto na Corte de Nova York, onde correm as demais ações coletivas contra a petroleira. A diferença é que os investidores questionam perdas com as American Depositary Receipts (ADRs), que são recibos de ações da empresa brasileira listados na Bolsa de Valores de Nova York, enquanto a cidade de Providence alega perda com papéis de renda fixa, emitidos pela Petrobrás no mercado internacional para financiar seu plano de investimentos.
Executivos como réus
Outra diferença é que as ações dos investidores processam a Petrobrás, enquanto a de Providence inclui a administração, subsidiárias da empresa que emitiram bônus no exterior e 15 bancos que participaram da emissão desses papéis. O processo cita, em sua capa, como réus, além de Graça Foster e Barbassa, outros nomes da administração, que incluem José Raimundo Brandão Pereira, Mariângela Monteiro Tiziatto e Daniel Lima de Oliveira. Também estão incluídas duas subsidiárias da empresa brasileira no exterior, a Petrobrás International Finance Company, de Luxemburgo, e a Petrobrás Global Finance BV, com sede na Holanda, que foram as companhias emissoras dos bônus vendidos no exterior.
A ação da Providence se refere aos bônus comprados entre janeiro de 2010 a novembro de 2014 e outros investidores que aplicaram em papéis da Petrobrás neste período também podem aderir ao processo. Neste período, a Petrobrás emitiu cerca de US$ 98 bilhões em papéis, entre renda fixa e ações, de acordo com estimativas da cidade. 
Uma das acusações da ação é que, dentro do esquema de corrupção, a Petrobrás inflou os valores de ativos em seu balanço para esconder o recebimento de propinas e, além disso, o material distribuído aos investidores durante as ofertas dos bônus possui um conjunto de informações enganosas e pouco precisas, que omitem, por exemplo, as práticas de corrupção na petroleira.
A cidade de Providence tem um fundo dos funcionários públicos atuais e aposentados, com cerca de US$ 300 milhões aplicados em ações, renda fixa e outros investimentos. O processo não menciona quanto a cidade investiu especificamente na Petrobrás. Do site do Estadão

Humor ácido....


Sponholz: Isso ainda vai dar em 


impeachment!


quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Brasil avança pra trás... Ministro da Ciência e Tecnologia tem proposta na Câmara que proíbe inovação tecnológica em órgãos públicos


24 DE DEZEMBRO DE 2014

Novo ministro da Ciência e Tecnologia é autor de projeto de lei contra inovações tecnológicas

Em 1994, quando era deputado federal, Aldo Rebelo sugeriu a adoção de qualquer inovação tecnológica em órgão públicos municipais, estaduais e federais.

Kindle
aldo-rebelo1

Aldo Rebelo foi nomeado ministro de Ciência e Tecnologia para o segundo mandato de Dilma Rousseff. Porém, quando era deputado federal, em 1994, Rebelo propôs um projeto de lei que proíbe a adoção de qualquer inovação tecnológica nos órgãos públicos municipais, estaduais e federais. Rebelo sugeriu ao Congresso Nacional a aprovação de um dispositivo que impedisse “a adoção, por qualquer órgão público da administração direta e indireta, nos níveis municipal, estadual e federal, de qualquer inovação tecnológica que seja poupadora de mão-de-obra, sem prévia comprovação (…) de que os benefícios sociais auferidos com a implantação suplantem o custo social do desemprego gerado”.

"As figuras públicas não merecem lucrar ou ficar ricas por causa dos cargos que ocupam..." Rei Filipe da Espanha !


Rei de Espanha pede “grande impulso moral e colectivo” contra a corrupção


PÚBLICO

25/12/2014 - 12:58


As figuras públicas não merecem “lucrar ou ficar ricas” por causa dos cargos que ocupam, disse Filipe, dias depois de ser conhecida a acusação de crimes fiscais contra a sua irmã."Os íncides de desemprego são inaceitáveis", considerou o rei na sua mensagem de Natal ANGEL DIAZ/AFP

MULTIMÉDIA

Vídeo

Rei de Espanha: "Devemos cortar pela raiz e sem contemplações a corrupção"


TÓPICOS

Europa
Espanha

MAIS
Infanta Cristina vai ser acusada por cooperação nos alegados crimes do marido

Na sua primeira mensagem de Natal, o rei Filipe de Espanha disse que o país precisa de “uma profunda regeneração da sua vida colectiva” para que “a corrupção não ganhe raízes” e de medidas para promoção do emprego já que a actual taxa de desemprego, de 24%, é “inaceitável”.


Filipe, que este erão sucedeu ao seu pai, Juan Carlos, que abdicou, não se referiu directamente à acusação da sua irmã mais velha, a infanta Cristina, e do marido, Iñaki Urdangarin. O diário espanhol El País diz que o rei não alterou o discurso, que já estava escrito antes da notícia, esta semana, de que Cristina seria também acusada por crimes fiscais (Urdangarin, soube-se já no início de Dezembro, era acusado de vários crimes de fraude, branqueamento de capitais e evasão fiscal no âmbito do caso Nóos, a organização sem fins lucrativos para promoção do desporto que serviria para obter contactos inflacionados com entidades públicas e autarquias).



Mas o rei disse que “não deve haver tratamento favorecido para os que ocupam uma posição de responsabilidade pública” e que quem ocupa cargos públicos não merece “lucrar ou ficar rico” por causa disso.

A investigação a Cristina e Urdangarin foi um dos motivos para a abdicação de Juan Carlos. O antigo monarca disse que a justiça era igual para todos, mas o discurso do novo rei é muito mais directo ao falar do tema. “A luta contra a corrupção é um objectivo irrenunciável”, declarou Filipe. Para que “a corrupção não ganhe raízes”, é necessário “um grande impulso moral colectivo”.

Filipe deixou, no entanto, uma nota positiva: “É certo que os responsáveis de condutas irregulares estão a responder por elas, essa é uma grande prova de funcionamento do nosso Estado de Direito.”

De seguida, Filipe falou no que é a principal preocupação dos espanhóis, a economia. “Os índices de desemprego são inaceitáveis e frustram as expectativas dos nossos jovens e de muitos mais homens e mulheres que estão há algum tempo no desemprego”, disse. Esta luta deve ser “a grande prioridade”, defendeu.

Na mensagem houve ainda lugar para a Catalunha, onde o ano foi dominado por um referendo à independência que Madrid não autorizou e onde foi feita ao invés uma consulta popular informal. “Milhões de espanhóis têm a Catalunha no seu coração”, disse Filipe, prometendo promover um “reencontro” com os catalães. “O que faz de Espanha uma nação com uma força única é a soma das nossas diferenças”. Assim, defendeu, é preciso “continuarmos a construir, todos juntos, um projecto que respeite a pluralidade”.

Exponha seus sentimentos...e seja feliz!

elephant love - http://pinterest.com/pin/A9C4UgAQgEkGsGXBQVQAAAA/?s=3&m=blogger

elephant love

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

O Natal não é uma data de unanimidade

Tensão volta a St. Louis após morte de jovem negro pela polícia http://www.bbc.co.uk/portuguese/videos_e_fotos/2014/12/141224_eua_adolescente_negro_morto_st_louis_rw

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Estate, Estate... ! Arrepie-se com voz, sopro, melodia, violino, letra, interpretação, paixão..junte tudo e carregue consigo pelo resto dia (atualizado)

Estate
Condomínio de Ideias: EstateEstate... ! Arrepie-se com voz ...


Clique no link e ouça como o verão é interpretado por diversos artistas
além de Eliane Elias


http://youtu.be/1d8jbA0_9oo

Notícias quentes como Verão... (com trocadilho)

Como o mensalão, petrolão é a máfia sem capo

Josias de Souza

Na noite da chegada do verão carioca, aberto oficialmente às 21h03 de um domingo abafadiço, com picos de 39,1 graus no Rio, Venina Velosa da Fonseca esquentou a pauta do Fantástico. Com os lábios no trombone há dez dias, a ex-gerente da Petrobras falou à repórter Glória Maria. Contou uma novidade: além dos alertas enviados por e-mail, conversou pessoalmente com Graça Foster, em 2008, sobre irregularidades que grassavam na estatal.
No mais, Venina repetiu o que o repórter Juliano Basile já havia noticiado no diárioValor Econômico. Com uma diferença: a letra fria do jornal foi substituída pela cara compungida da denunciante na tevê. Voz tranquila, pausas adequadas, português correto, raciocínio lógico, tudo em Venina parecia afastá-la do perfil de doidivanas contrariada que a Petrobras tenta traçar nas linhas e, sobretudo, nas entrelinhas de seus comunicados oficiais.
Num dos trechos mais inquietantes da entrevista, Venina repetiu de viva voz uma passagem que saíra no jornal. Ela foi à sala do seu superior hierárquico, o então diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, para reportar irregularidades que farejara em contratos da área de comunicação. Sugeriu a apuração dos desvios. Paulo Roberto, hoje delator e corrupto confesso, teve uma reação inusitada.
“… Ele ficou muito irritado comigo. A gente estava sentado na mesa da sala dele, ele apontou para o retrato do presidente Lula, apontou para a direção da sala do Gabrielli [então presidente da Petrobras] e perguntou: você quer derrubar todo mundo? Aí eu fiquei assustada e disse: olha, eu tenho duas filhas, eu tenho que colocar a cabeça na cama e dormir. No outro dia, eu tenho que olhar nos olhos delas e não sentir vergonha.”
Procurado, Lula não quis comentar as declarações de Venina. Natural. Paulo Roberto tornara-se diretor da Petrobras em 2004, sob Lula. Era da cota do PP, um dos partidos do conglomerado governista. Mas Lula, como sabem todos, não sabia de nada. A propósito, Lula veiculara mais cedo, também no domingo, um vídeo no qual declara que “o povo quer mais ética”. E aconselha Dilma Rousseff a “continuar a política de forte combate à corrupção.”
Lula nem precisava dizer. Também neste domingo, 11 jornais latino-americanos veicularam uma entrevista da presidente da República. Nela, Dilma declara que não há uma crise de corrupção no Brasil, informa quer não existem pessoas intocáveis no país e sustenta que a petroladroagem só toma de assalto as manchetes porque a Polícia Federal do seu governo é extraordinariamente implacável.
Considerando-se que Lula não sabia e que Dilma nada enxergara nem no tempo em que presidira o Conselho de Administração da Petrobras, resta concluir o seguinte: a exemplo do que sucedera na época do mensalão, a excentricidade da não-crise atual é a corrupção acéfala, a máfia sem capo.
Onde estão os chefes? Eis a pergunta que parte da plateia volta a se fazer, sem obter resposta. Enquanto Lula e Dilma reivindicam o papel de cegos atoleimados, Graça Foster, que também não viu coisa nenhuma, pede para ser vista como a mulher menos curiosa do planeta.
Graça alega que os e-mails que Venina lhe enviou eram confusos. A denunciante lamenta não ter sido procurada para desfazer a confusão. “Nós sempre tivemos muito acesso”, contou Venina. “Eu conhecia a Graça na época que ela era gerente de tecnologia, na área de gás, e eu era gerente do setor, na área de contratos. Éramos próximas. Então, ela teria toda a liberdade de falar: ‘Venina, o que está acontecendo’?”
Na Petrobras e no Planalto, insinua-se que Venina não é santa. Ainda que seja pecadora, interessa saber se o que ela diz procede. Por sorte, a denunciante já prestou depoimento de cinco horas ao Ministério Público Federal. Repassou documentos aos procuradores. Tudo de modo a reforçar a sensação de que a maior estatal do país tornou-se uma Chicago sem Al Capone.

"Ratocracia" / charge do Paixão

Ratocracia! 
7

Josias de Souza

– Charge do Paixão, via 'Gazeta do Povo'.

Funcionária Venina Velosa incomoda muita gente da Petrobras...

Graça Foster deve ser chamada a depor no MP

Josias de Souza

O depoimento da ex-gerente da Petrobras Venina Velosa da Fonseca ao Ministério Público Federal produzirá consequências. Novos inquéritos serão abertos para apurar desvios na estatal. E a presidente da companhia, Graça Foster, deve ser convocada a prestar depoimento. Os procuradores que cuidam da Operação Lava Jato querem ouvir também José Carlos Cosenza, que sucedeu o delator Paulo Roberto Costa no comando da diretoria de Abastecimento.
Deve-se a informação aos repórteres Juliano Basile e André Guilherme Vieira. Sob proteção policial, Venina foi interrogada por quase cinco horas, em Curitiba, na última sexta-feira. Falou sobre as irregularidades que reportou aos seus superiores durante cinco anos. Inclusive a Graça e a Cosenza. Repassou aos procuradores seu computador e documentos que atestariam a veracidade de suas afirmações.
Parte do papelório refere-se à refinaria de Abreu e Lima, assentada em Pernambuco. Trata-se daquela obra que, superfaturada, saltou de US$ 4 bilhões para US$ 18 bilhões. Um dos documentos repassados à Procuradoria revelam que Venina elaborou, a pedido de Paulo Roberto Costa, um plano para acelerar a execução das obras. Coisa de 8 de março de 2007.
Venina argumentou que o pedido de Paulo Roberto resultaria numa elevação de US$ 328,7 milhões nos custos do empreendimento. Ela diz que o plano foi submetido à diretoria da Petrobras e, depois, ao Conselho de Administração da estatal, presidido à época pela então ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).

A dicionarização do cinismo II ... Mais do mesmo

segunda-feira, dezembro 22, 2014


BANCADA DO PETROLÃO ARTICULA PARA TENTAR DRIBLAR CASSAÇÃO. NESSA HORA SÃO CAPAZES DE TUDO, ATÉ MESMO APROVAR A REFORMA POLÍTICA BOLIVARIANA DO PT!

A cassação de deputados e senadores enrolados no Petrolão pode ser inviabilizada por uma antiga regra, não escrita, que já livrou muitos deles da perda de mandato: ninguém é punido por quebra de decoro sobre fato ocorrido em legislaturas anteriores. Segundo essa regra, ficariam livres de processo toda a Câmara e um terço do Senado, que em fevereiro tomam posse de mandatos obtidos nas últimas eleições.
A regra de não cassar por fato ocorrido antes do mandato livrou vários mensaleiros cujos processos foram adiados para a legislatura seguinte.
O procurador-geral Rodrigo Janot já avisou que somente em fevereiro, após o início da próxima legislatura, denunciará a bancada do Petrolão.
A deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), enrolada no escândalo da Caixa de Pandora, livrou-se da cassação usando a “regra não escrita”.
A regra fez a Câmara “cozinhar” a cassação de Genoino e João Paulo, do PT-SP, Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT). Do site Diário do Poder

MEU COMENTÁRIO: Entretanto fica muito interessante o fato de que a vagabundagem comunista já anda agitando nas ruas pedindo a cabeça do Deputado Jair Bolsonaro, justo ele o combatente mais aguerrido dessa orgia em que o PT transformou as instituições do Estado, particularmente o Congresso, cuja base governista é capaz de votar até mesmo em favor da Constituinte do Foro de São Paulo.

Os gatunos indecorosos podem sair ilesos. Quanto ao deputado Jair Bolsonaro uma horda de teleguiados do Lula por certo invadirá a Câmara dos Deputados para pedir a sua cabeça.

É hora dos cidadãos brasileiros honrados, decentes e trabalhadores, irem às ruas para detonar mais este plano diabólico do Foro de São Paulo.

Lembrem-se que na eventual salvação desses ladravazes do petrolão pode estar sendo negociado o fim da democracia brasileira, com a votação do pacote da reforma política bolivariana do PT, que transformará o Brasil em mais um apêndice de Cuba como aconteceu na Venezuela.

As ruas, por isso, constituem o último bastião de defesa da democracia e das liberdades civis. É hora de botar a boca no mundo!

domingo, 21 de dezembro de 2014

The Piaui Herald....



  • Falta de atualização do piauí Herald preocupa mercado

    Falta de atualização do piauí Herald preocupa mercado
    DESCONHECIDO - A Operação Caça-Gazeteiro, deflagrada pela Polícia Federal, descobriu que o piauí Herald não é atualizado desde novembro. "Tem dedo do PT nessa história", apressou-se um blogueiro liberal. "Demos autonomia para a Polícia Federal, não para a imprensa!", declarou Dilma, antes de vociferar: "Que bandalheira é essa? Tudo tem limite!" A inconstância do quase diário preocupou os mercados. A bolsa caiu 50%, a TeleSena acumulou e as barras de ouro já não valem mais que rapadura. — Leia o post completo.

  • Dilma anunciará criação de 23 ministérios na Black Friday

    Dilma anunciará criação de 23 ministérios na Black Friday
    CASAS BAHIA – Com dificuldade para acomodar no governo todos os aliados de sua base de sustentação, a presidente Dilma Rousseff deve anunciar amanhã a criação de 23 novos ministérios. A notícia virá no dia da Black Friday, a liquidação importada que está se firmando no calendário do varejo brasileiro. A medida foi aplaudida pela Confederação Nacional do Comércio: “Os novos ministérios vão estimular a circulação de quadros nos corredores da Esplanada”, avalia Luiza Trajano, dirigente da entidade. “Político brasileiro adora uma promoção.” — Leia o post completo.

  • BC bloqueia contas do Palmeiras

    BC bloqueia contas do Palmeiras
    PARQUE ANTÁRCTICA – Depois da derrota do Verdão para o Sport na inauguração da Arena Palestra Itália, o Banco Central anunciou o congelamento das contas operadas pelo presidente do clube, Paulo Nobre. "É preciso impedir que esse cidadão continue a comprar e vender jogadores, e sobretudo siga gerindo o patrimônio do clube", justificou o diretor de operações desportivas do BC, Ananias da Aliança. — Leia o post completo.

  • piauí Herald ganha Prêmio Esso de melhor manipulação jornalística

    piauí Herald ganha Prêmio Esso de melhor manipulação jornalística
    OLIMPO - Enfrentando pesos pesados da mídia golpista e do jornalismo bolivariano, o piauí Herald acaba de levar, numa votação apertada, o prêmio Esso de melhor manipulação jornalística. "A concorrência em 2014 foi grande: eleições, prisões de black blocs, delações premiadas e casos de traição entre celebridades. Fico lisonjeado de ver nosso trabalho reconhecido. É um estímulo para continuarmos distorcendo os fatos, favorecendo os poderosos e mascarando nas entrelinhas nossa verdadeira ideologia", comemorou Olegário Ribamar. — Leia o post completo.

  • Marta Suplicy deixa Ministério da Cultura para fazer Pronatec

    Marta Suplicy deixa Ministério da Cultura para fazer Pronatec
    CEU - Após flagrar um cidadão usando seu Vale Cultura para comprar um livro de Olavo de Carvalho, Marta Suplicy pediu demissão do ministério. "Assim fica inviável relaxar e gozar", lamentou. Numa clara tentativa de galgar uma cadeira na ABL, Marta escreveu uma contundente carta de demissão: "Nonada. Pitacos que a senhora ouviu foram da ordem de uma equipe econômica independente, Deus esteja. Daí, vieram me chamar. Causa dum bezerro: um bezerro branco, er­roso, os olhos de nem ser — se viu —; e com máscara de cachorro. Cara de gente, cara de cão: deter­mi­naram — era o mercado", rescunhou. — Leia o post completo.

  • Dilma anuncia Ronaldo para Ministério dos Esportes

    Dilma anuncia Ronaldo para Ministério dos Esportes
    CLÁUDIO – A presidente Dilma Rousseff surpreendeu mais uma vez os observadores ao anunciar o nome de Ronaldo Nazário como novo ministro dos Esportes. O analista político Galvão Bueno festejou a escolha do artilheiro. “R-r-r-r-ronaldo mostrou-se um grande orador na última Copa e saberá como ninguém representar os interesses do governo junto aos patrocinadores”, afirmou. — Leia o post completo.

  • Vidente previu Kátia Abreu na Agricultura

    Vidente previu Kátia Abreu na Agricultura
    PALMAS – O vidente Oswald de Souza previu que Kátia Abreu será chamada para o ministério de Agricultura do segundo mandato de Dilma Rousseff, informou na manhã de hoje o diretor de loterias da Caixa Econômica Federal. A profecia, registrada em cartório num ofício confeccionado a partir de madeira da Amazônia, fez subir as ações da Agrale e da Monsanto. — Leia o post completo.

  • Felipão recusa convite de Dilma para Fazenda

    Felipão recusa convite de Dilma para Fazenda
    GRANJA COMARY – Depois que o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, recusou o convite de Luiz Inácio Lula da Silva para se tornar ministro da Fazenda do segundo mandato de Dilma Rousseff, a presidenta decidiu convidar o treinador Luiz Felipe Scolari para assumir o posto. “Felipão tem ampla experiência de gestão de crise e o perfil ideal para o cargo”, justificou. — Leia o post completo.

  • Dilma nega que pedirá demissão

    Dilma nega que pedirá demissão
    CUBA - Em meio a uma campanha de demissões voluntárias que culminou no forte boato de que o mais alto cargo do Executivo ficaria vago, Dilma Rousseff afirmou que não é Maria-vai-com-as-outras. "Todos nós aqui sabemos que cada um de nós escolhe – a vida faz a gente escolher – nossas escolhas”, esclareceu. "Ora uma, ora outra. Ponderações." — Leia o post completo.

  • Muro separará Brasil ocidental do Nordeste

    Muro separará Brasil ocidental do Nordeste
    POTSDAM - Votação realizada em urnas natalinas no Shopping Cidade Jardim mostrou que 96% dos paulistanos são a favor da construção de um muro que colocará o Brasil que produz e paga impostos de um lado, e a ameaça assistencialista bolivariana de outro. "Vamos separar o Brasil ocidental do Nordeste", anunciou João Doria Jr. "Do lado de cá das trincheiras, estaremos guarnecidos pelo superávit de masculinidade do blogueiro Rogério Constantinopla e da verve verborrágica de Lobão, além de podermos contar com os lançamentos da Globo Filmes para alegrar nossos finais de semana nos cinemas. Em caso de balbúrdia ou rolezinhos, sempre teremos à mão o arsenal da família Bolsonaro", esclareceu. "Do lado de lá, restam a barbárie, o Brasil 247, o cinema pernambucano e a água encanada", completou. — Leia o post completo.