sexta-feira, 31 de julho de 2015

Gastos do governo superam receitas e produz o pior resultado das contas públicas em 19 anos


sexta-feira, 31 de julho de 2015


Contas do governo têm déficit no 1º semestre pela 1ª vez em 19 anos.

    

De acordo com números divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional nesta quinta-feira (30), as contas do governo registraram neste ano o pior resultado para um primeiro semestre desde o início da série histórica, em 1997.


Nos seis primeiros meses deste ano, foi registrado um déficit primário (receitas menos despesas, sem contar os juros da dívida pública) inédito de R$ 1,59 bilhão, segundo números oficiais.


Em igual período do ano passado, foi registrado um superávit de R$ 17,35 bilhões. Até então, o pior resultado para o período havia ocorrido em 1998 (superávit de R$ 3,06 bilhões).

Os resultados das contas públicas têm sido afetados pela redução da arrecadação federal, que registrou o pior desempenho para o período de janeiro a junho desde 2011.

Clique aqui e leia + sobre Economia.

As receitas foram afetadas pelo baixo nível de atividade econômica e, também, pela desonerações de tributos efetuadas nos últimos anos justamente para tentar estimular o Produto Interno Bruto (PIB) e o nível de emprego – que não foram totalmente revertidas pelo governo federal.

"Não é o resultado que gostaríamos, mas estamos trabalhando no dia a dia. Uma questão de atividade, de ciclo econômico, tem afetado nossa arrecadação. Quando a economia tem um grau de incerteza muito grande, a gente percebe que as empresas retêm um pouco sua disposição ao pagamento de impostos", afirmou o o secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Saintive.

"E isso significa também que o nível de atividade da economia não explica por si só a queda de arrecadação", declarou.

Fonte: G1 (g1.globo.com)