domingo, 16 de agosto de 2015

A Biologia da Crença / Wilson Francisco / Somos todos um

A biologia da crença

por Wilson Francisco - wilson153@gmail.com

O vírus que causa a AIDS é uma “entidade”, isso mesmo: uma entidade. Um cientista afirmou isto porque após incansáveis pesquisas teve a certeza de que este vírus sabia o que queria fazer e que caminho tomar para realizar a sua “missão”, digamos de passagem, uma cruel missão.

Numa reportagem recente na TV Vida, um cardiologista explicando o processo da célula tronco, dizia que ela é tirada da medula e injetada numa artéria, onde já existe uma lesão. Adverte ele, no entanto, que se houver necrose (célula morta), esta não pode ser refeita, o que está morto está morto, ponto final. Mas nas áreas próximas afetadas, a célula-tronco vai regenerar tudo o que está apenas lesionado, o que permitirá ao doente uma recuperação muito expressiva.
E aí o repórter indagou: como a célula-tronco sabe que naquele lugar ela deve recompor uma artéria ao invés de criar uma cartilagem. O médico respondeu: é um mistério da natureza.

Tanto o cientista que falou sobre a “entidade” vírus HIV como o cardiologista que descreve o processo misterioso realizado pela célula-tronco estavam no limiar de descobrir a espiritualidade.

A verdade é que tanto o vírus do HIV como a célula-tronco e todas as outras células têm o seu “lado” energético/espiritual e está contido no universo de cada ser, por mais simples que seja, uma matriz (corpo energético), um mapa que serve como referência para que cada célula possa realizar a sua “missão”. De maneira inconsciente, claro, mas nem por isso deixam de ser o que são: seres inteligentes do Universo.

Afinal, o ser humano, isto é, eu e você que me lê, somos Espíritos conscientes e nem por isso temos perfeita noção desse nosso mapa orientador que está em nossa intimidade e sobre o qual repousa nossa história e podem estar inseridos projetos e sonhos futuros, se os tivermos em nossas intenções atuais.

Essa conclusão que dá ao vírus este “status” de um agente sobrenatural corrobora o que pesquisadores, como Bruce Lipton, cientista norte-americano pioneiro da nova biologia, comprovou em suas experimentações.

Sua pesquisa vai mais longe comprovando que o DNA é controlado pela energia que emana dos pensamentos, o que significa que nossas projeções mentais influenciam diretamente em nossa saúde...
Ou seja, uma simples idéia que você irradia, uma conversa que você desenvolve com uma amiga, em sua sala de estar, pode estar realizando processos mutacionais no ambiente de sua casa ou no seu corpo, no corpo da amiga ou de uma outra criatura que esteja em sintonia com você.

Você é uma entidade, um ser sobrenatural, com poder divino, mutacional, que pode alterar um quadro genético, desenvolver em si ou em outro a possibilidade de caminhos e decisões diferentes.
E essa possibilidade está em você, na sua amiga e também em todos os seres da criação.
Plantas, animais, vírus, bactérias todos são entidades que foram criados por Deus para o desenvolvimento da vida no Planeta Azul, a Terra. E para cada um o Universo tem um plano, uma direção. O vírus da AIDS sabe qual a sua missão.

Você sabe qual a sua?

Sim, é difícil e a ciência se debate intensamente procurando a ponte que interliga mente e corpo. O esclarecimento disso pode ser o caminho das pedras, para a ciência. E para você a questão fundamental é conhecer que caminho deve percorrer, que instrumentos utilizar para acessar essa importante informação.

Gregg Braden, afirma: “O doutor Bruce Lipton, autor do livro A Biologia da Crença nos oferece o tão procurado elo perdido entre a vida e a consciência”. E esse foi sempre o grande drama da ciência, encontrar a sintonia matéria e espírito.

KLipton recorda as conclusões das pesquisas que desenvolveu: “Se direcionarmos melhor o que estamos pensando, poderemos mudar o estado do nosso corpo”. 

No seu livro A Biologia da Crença, Editora Petit, o cientista expõe suas conclusões e destaca o benefício que delas é possível extrair. É um livro revolucionário que aproxima a ciência da filosofia e da religião. É interessante e pode ser lido por qualquer pessoa.
No início, explica o que são as células, como se comportam e o que elas podem nos ensinar. No segundo capítulo, descreve as evidências científicas do poder da mente, detalhando a estrutura das doenças, inclusive o câncer e a esquizofrenia. No terceiro capítulo, explica onde se encontra o “cérebro” da célula, que é a membrana que as reveste. As descobertas da física quântica e a sua importância para o tratamento das doenças são o tema do quarto capítulo. No quinto, revela a força do pensamento positivo e negativo sobre o nosso bem-estar e em que medida o “subconsciente” pode sabotar ou dinamizar nossos objetivos. No sexto capítulo, trata do crescimento e da saúde das células e quanto nossos receios podem prejudicá-las. O último capítulo descreve o que o cientista denominou “paternidade consciente”, ou seja, o quanto está ao nosso alcance influenciar as crenças de nossos filhos.

No epílogo do seu livro, Lipton diz: “Posso afirmar categoricamente que a ciência me levou à espiritualidade, pois as descobertas da física e do mundo das células mostram cada vez mais a existência de um elo entre a ciência e espiritualidade, duas áreas completamente distintas desde a época de Descartes, há alguns séculos”.

Eu tenho escrito sempre aqui a respeito do poder da mente, do quanto seu pensamento influencia seu organismo e acredito que o ser humano está pronto para usar sua mente consciente para desenvolver os talentos do coração, ter coragem de “entrar” nesse universo desconhecido que é sua alma.

Estes são os caminhos que você pode percorrer para o encontro de si mesma. Saia da janela de onde você apenas consegue observar as criaturas que passam pela estrada. Abra as portas de sua alma, venha para fora, sinta o Sol que se irradia, ouça o cântico da passarada, que voeja alegremente pelas cercanias de sua moradia e fique fora de suas trincheiras, enfrente a borrasca, os murmúrios da noite, porque você poderá ter a ventura de sentir o luar e sua poesia. Ande pelo desconhecido, descubra universos diferentes e saiba: sua mente e coração podem transformar seu corpo.

É isso que Bruce Lipton no ensina em seu livro A Biologia da Crença e essa pode ser uma grande e rara oportunidade de você conhecer pesquisas atualizadas da ciência, sem ser cientista e nem ter nível universitário. Essas informações, repito, podem mudar sua vida.