sábado, 12 de setembro de 2015

Trabalhar com, para ou mesmo contra o PT tem alto risco profissional... A partir da sua aproximação com o partido começam a surgir eufemismos que desviam o foco e relevam a intenção primária..O caso de Sinara Polycarpo Figueiredo, o Santander e o PT é revelador. No final todos perdem !


BRASIL

Justiça manda Santander indenizar funcionária demitida por texto com críticas à reeleição de Dilma

Valor da indenização é de R$ 450 mil e banco pode recorrer da decisão
Sinara Polycarpo Figueiredo  (Foto: Divulgação)Sinara Polycarpo Figueiredo (Foto: Divulgação)
O Globo
A juíza Lúcia Toledo Silva Pinto, da 78ª Vara do trabalho de São Paulo, determinou que o banco Santander pague R$ 450 mil de indenização à analista Sinara Polycarpo Figueiredo, demitida no ano passado da Superintendência de Consultoria de Investimentos Select por causa de uma carta enviada a clientes de alta renda advertindo para o possível agravamento da crise econômica caso a presidente Dilma Rousseff fosse reeleita. A decisão é de primeira instância e cabe recurso.
Na ação, Sinara negou que ela tinha sido a autora do texto, afirmando que a análise foi elaborada por uma de suas funcionárias. A ex-funcionária do Santander argumentou no processo que sua dispensa ocorreu por ato de “discriminação política”, prejudicando sua imagem pessoal e profissional e taxando-a de "agitadora política". Segundo ela diz na ação, o banco foi "subserviente às forças políticas e se manifestou publicamente sobre o episódio pedindo desculpas pela publicação do texto".
O Santander negou na ação que a demissão de Sinara Polycarpo tenha tido cunho político e afirmou que a demissão ocorreu porque a ex-funcionária violou norma de conduta do banco ao não ter revisado um texto de análise financeira elaborado por uma de suas subordinadas, evitando assim "publicações com conotações político partidárias".
saiba mais