Postagem em destaque

Ferreira Gullar no blog de Ricardo Noblat

POEMA DA NOITE Traduzir-se Ferreira Gullar 04/12/2016 -  23h00 Uma parte de mim é todo mundo: outra parte é nin...

quarta-feira, 22 de junho de 2016

O fracasso como lição... A história do Golden State Warriors na campanha da NBA de 2015/2016

http://sportv.globo.com/site/nba/noticia/2016/06/licao-para-green-e-reconhecimento-de-curry-warriors-ja-pensam-em-2017.html
21/06/2016 17h00 - Atualizado em 21/06/2016 17h04

Lição para Green e reconhecimento de Curry: Warriors já pensam em 2017

Derrotados pelo Cleveland Cavaliers em casa na série final da NBA, principais jogadores do time prometem voltar no futuro para celebrar novamente

Por Oakland, Estados Unidos
Stephen Curry Warriors Cavaliers NBA (Foto: Getty Images)Stephen Curry coça a cabeça durante a entrevista depois do jogo 7 (Foto: Getty Images)
Perder faz parte do esporte. Nunca é fácil assistir a uma comemoração de um rival, principalmente dentro da sua casa. Campeões em 2015, os jogadores do Golden State Warriors aprenderam o significado deste sentimento neste domingo, ao serem derrotados pelo Cleveland Cavalierse terminarem sem o título da NBA, a liga americana de basquete. Um time que bateu recordes, como de campanha de uma temporada regular, com 73 vitórias em 82 jogos, e o início invicto ao vencer seus primeiros 24 confrontos, agora já começa a pensar nos próximos passos para voltar a celebrar no futuro, quem sabe já em 2017.

A derrota na série para os Cavaliers aconteceu recheada de explicações. A suspensão de Draymond Green do jogo 5, quando o time havia feito 3 a 1, o desempenho abaixo do esperado de Stephen Currya lesão de Andrew Bogut. Os motivos são muitos, mas a preocupação no momento é apenas juntar os cacos e começar a trabalhar.
+ LeBron James é eleito MVP das Finais após conquistar título+ Playlist: confira os melhores lances do jogo 7 da final da NBA
+ NBA League Pass: assine e assista a jogos ao vivo! 
+ Veja os produtos oficiais na Loja NBA.com

- Não há cirurgia para eu fazer no meu futuro. Tenho que estar saudável, mas não há desculpa para o que aconteceu em quadra. Estava lá pronto para jogar. Tive bons e maus jogos. É ruim ver os outros celebrando. Queria que fosse a gente. No fim, você tem dar os parabéns pelo que eles alcançaram. Vai ser uma boa imagem para o nosso time no verão e em toda a próxima temporada para lembrar que podemos voltar ainda mais fortes - afirmou Curry. 



Grande nome da série para os Warriors, Green terminou o jogo 7 como cestinha do jogo, com 32 pontos, além de 15 rebotes e nove assistências. Ele acertou seis de oito tentativas de três pontos. Nada isso importa para o jogador, líder do time, depois da derrota na série. 

- Aprendi muito com a suspensão sobre mim como homem, companheiro de time, jogador de basquete, que vai me ajudar para o resto da vida. Esses playoffs, foram recheados de muitos altos e poucos baixos. Ter o seu caráter atacado e não poder estar ali com seus companheiros é duro. Mas não dá para vencer sempre. Queria estar agora estourando champagne, mas não deu. Fico feliz pela forma como nós terminamos. É continuar a melhorar para voltar no próximo ano - disse.
Golden State x Cleveland - final da nba jogo 7 - leandrinho e green (Foto: Getty Images)Draymond Green não consegue carregar o time para o segundo título seguido da NBA (Foto: Getty Images)
Os recordes conquistados pelos Warriors estarão para sempre nas estatísticas. Green não vê motivo para considerar a temporada um fracasso apenas pela derrota na série final para os Cavaliers. Segundo ele, é preciso se orgulhar dos feitos. 
- Isso jamais nos poderá ser tirado. Tínhamos um objetivo que era ser bicampeão, e não conseguimos. Mas não vejo a temporada como um fracasso porque muitas coisas incríveis aconteceram para esse time e os jogadores, a comissão técnica e a organização - comentou Green.

Além das duas marcas já citadas, os Warriors ainda conseguiram o maior número de vitórias somando temporada regular e playoffs, com 88, superando as 87 do Chicago Bulls de 1995/96. O time fez o maior número de cestas de três da história em uma temporada, com 1.077, enquanto Curry estabeleceu o recorde individual, com 402.

Curry ainda quebrou o recorde de cestas de três em uma série final com 32. Os Warriors também alcançaram a maior marca da história em uma série de playoffs, com 94, no confronto com os Cavaliers. O maior total de bolas de três convertidas nos playoffs também foi alcançado nesta temporada pelo time, com 306.