Postagem em destaque

A Câmara Federal votou a favor da CORRUPÇÃO...nesta madurgada

quarta-feira, novembro 30, 2016 VERGONHOSO E INFAME: DEPUTADOS PROMOVEM UM GOLPE CONTRA A NAÇÃO BRASILEIRA. Clique sobre...

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Mais uma pergunta para Lula explicar ... Por que e para que seus bens, como moedas de ouro, medalhas, espada, etc estão guardados em cofre do BB ?

ESGOTOU-SE O PRAZO DADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA QUE LULA EXPLIQUE AS PEÇAS QUE GUARDA EM MEGA-COFRE DO BANCO DO BRASIL

Esta é a porta de entrada do mega-cofre de Lula em agência do Banco do Brasil em São Paulo. Foto consta dos autos de inquérito da Operação Lava Jato.
Segundo informa o site O Antagonista, esgotou-se o prazo dado pelo MPF para que Lula esclarecesse o armazenamento irregular, num cofre do Banco do Brasil, das centenas de peças de ouro, jóias e obras de arte recebidas de chefes de Estado e delegações estrangeiras quando era presidente da República.
O acervo pertence ao Estado, mas Lula se apropriou de tudo e escondeu num cofre registrado em nome de Marisa Letícia e Fábio Luis Lula da Silva.
site G1 informou à época da descoberta do mega-cofre que no inquérito que trata da busca e apreensão dos bens na agência do Banco do Brasil, os promotores enviaram um pedido ao Sérgio Moro para que Lula seja intimado a esclarecer as circunstâncias em que recebeu cada um dos itens guardados no cofre.
Em 11 de março deste ano (20160, o magistrado acolheu ao pedido e também retirou o sigilo sobre o inquérito, dando à defesa ao inventário de itens que se encontram na agência. Os advogados têm cinco dias para se manifestar.
Ao G1, o Banco do Brasil informou que não comentaria o assunto para não atrapalhar as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. O banco do Brasil informou também que vai prestar todas informações necessárias durante o período de investigações.
Bens que foram retirados do Palácio do Planalto pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram guardados em um cofre da Agência Líbero Badaró do Banco do Brasil, em São Paulo, por cinco anos sem qualquer custo.
A informação foi prestada pelo gerente do banco, quando a Polícia Federal (PF) cumpriu um mandado de busca e apreensão no local, durante a 24ª fase da Operação Lava Jato.
MOEDAS DE OURO
Entre os itens estão moedas de ouro, medalhas, esculturas e até uma espada e uma adaga. Tudo está acondicionado em 23 caixas de papelão e em uma caixa maior de madeira. Nas caixas de papelão, há inscrições com o nome da transportadora Granero.
A PF investiga indícios de que o transporte e armazenagem dos bens de Lula ao sair da Presidência tenham sido pagos pelas construtoras OAS e Odebrecht, como forma de compensação pelos negócios fechados entre as empreiteiras e a Petrobras. No dia 4 deste mês, o ex-presidente foi levado a depor na Polícia Federal, após um mandado de condução coercitiva emitido pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos da Operação Lava Jato na primeira instância.
Os investigadores buscam ligar Lula ao esquema de fraudes descoberto pela Lava Jato na Petrobras. Além dos cuidados aos bens do ex-presidente, há indícios, segundo o Ministério Público Federal, de que um apartamento no Guarujá e um sítio em Atibaia sejam de Lula, embora as escrituras figurem nos nomes da OAS e de dois sócios de um dos filhos do ex-presidente, respectivamente.