Postagem em destaque

Ferreira Gullar no blog de Ricardo Noblat

POEMA DA NOITE Traduzir-se Ferreira Gullar 04/12/2016 -  23h00 Uma parte de mim é todo mundo: outra parte é nin...

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Manobra criminosa na Câmara Federal...

Manobra na Câmara para anistiar ‘caixa dois’ envolveu PSDB e PT

DEM, PP e PR também foram protagonistas da articulação
Rodrigo Maia (Foto: Ailton de Freitas)
Leticia Fernandes e Isabel Braga, O Globo / Rodrigo Maia (Foto: Ailton de Freitas)
A articulação frustrada para aprovar na noite de segunda-feira a proposta que criminaliza o caixa dois, mas que poderia abrir brecha para livrar políticos que cometeram essas irregularidades no passado, teve como protagonistas as principais legendas da Câmara, especialmente PSDB, DEM, PP e PT. Outros partidos se incorporaram na reta final, como PP e PR. Mesmo assim, ninguém quis assumir a paternidade da proposta.
Diante da polêmica, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que nesta terça-feira exercia interinamente a Presidência da República, fez um mea culpa, afirmou que houve um erro coletivo, mas não deu os nomes dos líderes que pediram a inclusão na pauta.
— Foi um erro coletivo não ter conduzido isso na comissão. A tradição da Casa é pautar o que a maioria pede, todos sabem disso. Os líderes tinham que ter pedido para votar e defendido a votação — afirmou Maia, que prometeu só colocar a proposta em votação junto com as outras nove medidas contra a corrupção sugeridas pelo Ministério Público (MP).
Saiba mais
Rodrigo Maia (Foto: Ailton de Freitas)