Postagem em destaque

Ferreira Gullar no blog de Ricardo Noblat

POEMA DA NOITE Traduzir-se Ferreira Gullar 04/12/2016 -  23h00 Uma parte de mim é todo mundo: outra parte é nin...

domingo, 20 de novembro de 2016

"A ciência mergulhou no cérebro do adolescente e concluiu que ele é como é porque ainda não desenvolveu os mecanismos do bom-senso" / Veja


A ciência desvenda a cabeça do adolescente

A ciência mergulhou no cérebro do adolescente e concluiu que ele é como é porque ainda não desenvolveu os mecanismos do bom-senso

Estudos recentes que mergulharam no cérebro do adolescente estão fazendo a ciência rever seus conceitos sobre essa fase da vida. Reportagem de VEJA desta semana mostra como a alta irritabilidade, a falta de bom senso e de responsabilidade e até a propensão a vícios em álcool, drogas e, claro, videogame estão relacionadas à formação do cérebro do adolescente. A maior parte das ações típicas da “aborrecência” se deve ao fato de as conexões de seus neurônios ainda não estarem totalmente formadas. A maior lacuna se situa justamente no lobo frontal, onde a razão impera. Não é birra — é ciência.
Compre a edição desta semana de VEJA no iOSAndroid ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no iba clube.