Postagem em destaque

Ferreira Gullar no blog de Ricardo Noblat

POEMA DA NOITE Traduzir-se Ferreira Gullar 04/12/2016 -  23h00 Uma parte de mim é todo mundo: outra parte é nin...

terça-feira, 1 de março de 2016

PT desrespeita a presidente Dilma... / blog de Aluizio Amorim

O BRASIL EM FIM DE FEIRA

O caranavalesco Jaques Wagner e seu afilhado Wellington César, agora Ministro da Justiça: indefectível sensação de fim de feira...
Os dirigentes do Partido dos Trabalhadores estão eufóricos. Conseguiram deletar a presidente Dilma Rousseff do comando do governo, sem precisar recorrer a complicados processos de impeachement ou a desgastantes manobras políticas.
Hoje, quem governa o Brasil, é o ministro-chefe da Casa Civil, o ex-governador da Bahia Jaques Wagner, a única autoridade que consegue transmitir a sensação de que há  ainda alguém que mande neste País. É o comandante de um exército de colegas desengonçados, como o de Brancaleone.
O ministro da Comunicação Social, Edinho Silva não existe. Parece um disco rachado que só sabe repetir que todos os recursos da campanha eleitoral do PT foram legais e informados ao TSE. Desistiu de acompanhar a presidente em suas viagens oficiais. Não foi ao Chile; preferiu reunir-se aos adversários de Dilma, na festa de aniversário do PT.
Miguel Rossetto, secretário-geral da Presidência, é outro que não quer saber de Dilma ou de seus planos de governo. Já avisou que não vai mexer uma palha para fazer avançar a reforma da Previdência, considerada fundamental pela área econômica do governo.
Marco Aurélio Garcia, vulgo Top-Top, ex-coordenador do Teatro Infantil de Marionetes em Porto Alegre, é outro que não suporta a presidente. Adora, sim, o Lula, que lhe deu poderes para mandar e desmandar em nossos diplomatas,  o que faz há treze anos, ao longo dos quais desmoralizou nada menos do quatro chanceleres, transformados em fantoches ou buranku, na versão japonesa de Osaka. Especializado em relações com o mundo bolivariano, já perdeu toda razão de continuar no cargo em que se aferra em troca de um polpudo DAS.
Até o único amigo leal da Presidente foi mandado para escanteio, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Será substituído por um amigo de Wagner, o ex-procurador-geral da Justiça da Bahia, Wellington César. A dupla Wagner & Wellington ainda vai dar muito a falar...  Do site Diário do Poder